Sergipe participa do lançamento do Plano Nacional da Cultura Exportadora 2014

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/03/2014 às 00:51:00

Foi lançada a edição 2014 do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), durante reunião do Conselho Nacional de Secretários de Desenvolvimento Econômico (Consedic), realizada na quarta-feira, 19, no auditório do edifício sede da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil). Durante a cerimônia, o secretário Saumíneo Nascimento, de Sergipe, representou todos os secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico do país.

Sergipe foi um dos Estados que cumpriu todas as metas programadas e, por este motivo, o secretário Saumíneo foi convidado pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Mauro Borges, para falar sobre a importância da cultura exportadora nos Estados.
"Destacamos a necessidade de reivindicarmos mais parceiros nacionais institucionais para que possamos fortalecer os esforços de difusão da cultua exportadora no Brasil. Além disso, destacamos os esforços dos Estados na inserção de mais empresas e produtos nas pautas de exportações dos Estados. Também historiamos o Projeto Rede Agentes na condição de Membro da primeira turma e o seu papel na difusão da cultura de exportação no Brasil", contou.

Na abertura do evento, o ministro do MDIC, Mauro Borges, avaliou que a economia brasileira está em melhor posição para enfrentar o atual momento econômico global. "O ano 2013 é o primeiro desde 2007 que apresentou crescimento no número de empresas exportadoras. Este é um dado relevante que aponta para uma tendência de recuperação da atividade exportadora brasileira", afirmou Borges. No ano passado, 18.809 empresas brasileiras exportaram; número que é superior ao verificado em 2012, de 18.630.
Ele ainda considerou que, desde 2008, o mundo passa por "uma duríssima crise que será lembrada pela história" e que o Brasil procura ampliar as suas frentes comerciais, a exemplo de União Europeia e dos países asiáticos.
O secretário de Comércio Exterior do MDIC, Daniel Godinho, disse que o principal objetivo do PNCE é "incutir

a cultura exportadora, especialmente entre as médias e pequenas empresas", declarou. A reunião de hoje já deu início ao trabalho para elaboração da edição 2015 do PNCE. "Estamos trabalhando com enfoque para aprimorar as ações e atender mais diretamente as necessidades dos empresários que almejam exportar. Por isso, vamos propor a realização de oficinas práticas sobre os temas de maior interesse deles", explicou Godinho.