Governo abre inscrições para I Seminário de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/03/2014 às 00:15:00

A Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec) realizam o I Seminário de Integração de Políticas Públicas de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APL's) em Sergipe.  Os interessados em participar do evento devem realizar as inscrições antecipadas através dos telefones 3179-3720 ou 3179- 4898.

O seminário será realizado no dia 8 de abril, no auditório da Seides, na Rua Santa Luzia, 680, bairro São José, Aracaju-SE e tem como público alvo representantes de associações e cooperativas já selecionadas pelos I e II edital de Apoio aos APL's, e também os interessados em participar do III Edital, que será lançado durante o evento.
"No encontro serão destacadas oportunidades de negócios para as cooperativas e associações apoiadas pelos I e II Editais de APL's a partir da explanação do que produzem, quais mercados já acessam e a capacidade que têm de atender novos clientes", destacou a diretora do departamento de Renda e Cidadania da Seides, Heleonora Cerqueira.

Na oportunidade serão proferidas palestras sobre Políticas Públicas de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais e o representante do BNDES, Dalmo Hiroshi Araújo, falará sobre o financiamento de APL's. Outro tema destacado será a oportunidade de Negócios: Relato de Experiência dos APL's apoiados por empresários do setor atacadista.

Haverá uma avaliação dos APL's apoiados pelos I e II Editais: Comissão de Avaliação e Acompanhamento dos APL's (Seides/Sedetec) e entidades apoiadas.
Ao lançar o III Edital de APL's, com apoio previsto de R$ 6 milhões, serão discutidas as exigências legais que precisam ser cumpridas, compromissos dos entes governamentais (SEIDES/SEDETEC/ADEMA) quanto ao auxílio às dificuldades que as cooperativas e associações enfrentam. "Para esta etapa, teremos as presenças do Coordenador Nacional de APL's, do BNDES (financiador de 50% dos recursos), Ricardo Romeiro", reforçou Heleonora Cerqueira.