"Minha Vida, Meu Bolero" retoma IV Festival Sergipano de Teatro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/04/2014 às 00:56:00

A maratona de apresentações do IV Festival Sergipano de Teatro recomeçou na noite desta quinta-feira, 03. Com texto e direção de Hunald Alencar, o monólogo "Minha vida, Meu Bolero", interpretado pela atriz Walmir Sandes, lotou o Teatro Lourival Baptista. Até domingo, outros cinco espetáculos irão compor a programação da segunda semana do evento.

No quarto de um vilarejo, Walmir encarna a personagem Maria Ipesina do Amor Divino. De maneira tragicômica, ela relata sua vida noturna e boêmia na zona meretrícia aracajuana dos anos 80. Esse já é o segundo monólogo que a atriz desempenha no festival: em 2012, atuou também em "Cárcere do Outono", igualmente dirigido por Hunald Alencar.
"Às vezes, o público quer assistir a uma peça, mas não tem condições. E o festival possibilita que as pessoas venham gratuitamente e conheçam os textos e interpretações do teatro sergipano", afirma a atriz. Com 61 anos de idade e 43 de carreira, ela não esconde a satisfação em participar do evento. "Para mim, é um prazer enorme, é minha maior realização. O teatro é o segundo amor da minha vida, porque o primeiro é minha família", confessa Walmir.

Até 13 de abril - O Festival Sergipano de Teatro é uma realização do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em parceria com o Instituto Banese. O evento conta ainda com o apoio do RioMar Shopping e do Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos de Sergipe (Sated/SE).
Todas as apresentações do IV Festival Sergipano de Teatro são gratuitas e acontecem nos teatros Tobias Barreto, Atheneu e Lourival Baptista, no Museu da Gente Sergipana e no campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS), em Laranjeiras. A maior parte dos espetáculos apresentados durante esta quarta edição do festival foi escolhida através de uma seleção pública, via edital.

Confira a programação completa:

05 de abril
Monólogos desagradáveis
com Cia.Teatral Kasa da Imaginação / Texto: Raimundo Venâncio
Teatro Atheneu | 19h | Classificação: 16 anos

06 de abril
As asas de um anjo
com Cia. De Teatro Itapoart's / Texto: José de Alencar
Teatro Lourival Baptista | 16h | Classificação: Livre

06 de abril
Fuga ao passado
com Ivo Adnil / Texto: Sigmund Freud
Teatro Lourival Baptista | 19h | Classificação: 16 anos

10 de abril
Um, dois, três, Kabummm!
com Cia. O Mínimo de Teatro e Circo /Texto: Rafael Barreiros
Museu da Gente Sergipana | 15h | Classificação: Livre

10 de abril
O Grande circo do mundo
com Coletivo Teatro de Mala / Texto: Ewertton Nunes
Museu da Gente Sergipana | 17h | Classificação: Livre

10 de abril
Folcloriando na Terra do Caju
com Cia. De Teatro HistoriaEncena / Texto: Lina Regina Nunes
Teatro Lourival Baptista | 19h | Classificação: 12 anos

11 de abril
Boca em-cena, folhetins em cordel: João Firmino um poeta nordestino
com Grupo Teatral Boca de Cena / Texto: Rogério Alves
Museu da Gente Sergipana | 16h | Classificação: Livre

11 de abril
Uma canção de rebeldia
com Coletivo Teatro de Mala / Texto: Ewertton Nunes
Teatro Lourival Baptista | 19h | Classificação: 14 anos

11 de abril
Cabaret dos Insensatos
com Cia de Artes e Cultura Stultifera Navis / Texto: Lindemberg Monteiro
Campus da UFS de Laranjeiras | 20h | Classificação: 18 anos

12 de abril
Viagem na Argila
com Coletivo Artístico Nosnaestrada / Texto: Jozailto Lima
Teatro Lourival Baptista | 19h | Classificação: 14 anos

13 de abril
Os Saltimbancos
com Eitcha Companhia de Teatro / Texto: Sergio Bardotti e Luis Enríquez Bacalov
Teatro Tobias Barreto | 16h | Classificação: Livre