Hoje é o último dia de vacinação contra a paralisia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/07/2012 às 16:30:00

A um dia para o encerramento da 33ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Paralisia Infantil, Sergipe vacinou 158.107 crianças entre zero e cinco anos, o que representa 91% da população alvo. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é vacinar 95%.

Em Sergipe, a vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) entre 8h e 17h, de segunda a sexta-feira. "A vacinação é uma das ações mais importantes do Sistema Único de Saúde para preservar a saúde da população. Foi por meio da vacinação que conseguimos erradicar a paralisia infantil do nosso país há 23 anos e é por isso que os pais e responsáveis devem levar as crianças até os postos de vacinação", alertou Silvio Santos, secretário de Estado da Saúde.

De acordo com a gerente do programa Estadual de Imunização, Sândala Teles, a campanha é o momento para vacinar indiscriminadamente, independente da situação vacinal das crianças. "A campanha é um momento de mobilização para a população e para os profissionais de saúde para que eles saiam em campo e vacinem quem não tomou a vacina na rotina. Ela funciona como um complemento da rotina de vacinação para manter a doença erradicada", explicou Sândala Teles.

Números - Dentre os municípios sede de regionais, somente Estância e Propriá conseguiram alcançar a meta de vacinação com 100% e 99,96% da população, respectivamente. Já Aracaju está com 87,29% das crianças vacinadas. Lagarto atingiu 87,66% da população alvo e Nossa Senhora da Glória 89,75%. Itabaiana, sede do agreste sergipano, vacinou 86,80%. O município de Nossa Senhora do Socorro está com os números mais baixos, somando 77,05% das crianças menores de cinco anos.   

Seguindo a tendência das sedes, as regiões do Sul sergipano e Baixo São Francisco também foram as únicas  que atingiram a meta preconizada pelo Ministério da Saúde, com 98,16% e 96,52%, respectivamente.

Desde 2008 que Sergipe supera a meta de vacinar 95% das crianças. Em 2008 e 2009 o percentual de crianças vacinadas contra a paralisia foi de 99%. Em 2010, o percentual de crianças vacinadas foi de 96,6% e em 2011, 100%.