Sergipe alcançou a meta de vacinação contra o HPV

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/04/2014 às 00:07:00

Dados parciais da Campanha Nacional de Vacinação contra o HPV apontam que 71 municípios já vacinaram 80,18% das meninas sergipanas com idade entre 11 e 13 anos. O número representa que a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde foi atingida.
De acordo com a gerente do Programa de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sândala Oliveira, os números ainda sofrerão alteração no sistema. "Os municípios ainda estão alimentando o sistema de imunização do Ministério, o que poderá elevar a cobertura vacinal", disse a técnica da SES.
A gerente ainda ressaltou que a campanha de vacinação contra o HPV terminou, mas a vacina continua disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). "As meninas que não vacinaram contra o HPV durante a campanha devem procurar um posto de saúde para receber a dose, pois a vacina agora faz parte da rotina das unidades", reforçou Sândala Oliveira.
"A segunda dose da vacina deverá ser tomada seis meses após a primeira e a terceira em cinco anos. Em 2015, serão vacinadas aquelas meninas que estiverem na faixa etária entre 9 e 11 anos e, em 2016, meninas a partir dos nove anos", completou a gerente.

A doença - São mais de 150 tipos de vírus do HPV. Desses, 40 podem causar infecção e 12 podem provocar o câncer e verrugas genitais. Altamente contagioso, o vírus pode contaminar a pessoa em uma única exposição. A transmissão é feita pelo contato com a pele ou mucosa infectada, através, principalmente, da relação sexual sem camisinha.
De acordo com a gerente do programa Estadual de Imunização, "o vírus não se manifesta imediatamente após a infecção, o que faz com que as mulheres não saibam que possuem o vírus. Ele pode também pode ser transmitido para o bebê no momento do parto. Além de vacinar as meninas, é preciso fazer o exame de Papanicolau na faixa etária entre 25 e 64 anos para prevenir a doença", explicou Sândala Oliveira.