Governo de Sergipe lançará Edital de Apoio a Oficinas Culturais

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/07/2012 às 16:45:00

O Governo de Sergipe, através das Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), lança na tarde da próxima segunda-feira, 9, às 16h, o Edital de Apoio a Oficinas Culturais, que acontecerá através do Plano 'Sergipe Mais Justo'. O evento acontece no Auditório do Museu da Gente Sergipana e as vagas deverão ser destinadas prioritariamente àqueles que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita familiar de até R$ 70.

As inscrições estarão abertas no período 30 de julho a 10 de agosto. Ao todo, serão selecionados 30 projetos para viabilizar oficinas em diversas áreas da cultura, que tem como objetivo fomentar, incentivar e divulgar a cultura sergipana e afro-brasileira, e promover a Inclusão Social da população em situação de extrema pobreza.

Os projetos, financiados com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), deverão ter como protagonistas ou beneficiários jovens de 16 a 29 anos, residentes nestas comunidades ou municípios, e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.
Para a secretária Eloísa Galdino, essa é mais uma iniciativa do Governo de Sergipe que prioriza a dimensão da Cultura enquanto ferramenta para o desenvolvimento do cidadão.

"Através desta ação do Programa Sergipe Mais Justo estaremos mobilizando os artistas e agentes culturais para participarem ativamente desta luta. Será uma ação estratégica para levar desenvolvimento e dignidade à população que mais precisa utilizando a cultura como instrumento", destaca Eloísa Galdino.

De acordo com a secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, além de atender a necessidades urgentes como saúde e alimentação, o Sergipe Mais Justo precisa trabalhar com outros eixos.
"Enfrentar a pobreza não é só satisfazer as necessidades básicas, mas oferecer oportunidades reais de crescimento sustentável e valorização das potencialidades de cada comunidade", frisou Eliane.

Sergipe Mais Justo - O plano Sergipe Mais Justo é uma ação alinhada à estratégia federal traçada no plano Brasil Sem Miséria. A iniciativa visa fortalecer as políticas públicas de inclusão produtiva e geração de renda para beneficiar, prioritariamente, a população sergipana que vive em situação de extrema pobreza, afastando a miséria e levando a igualdade a todos os lares de Sergipe.

O plano possui ações nas áreas de saúde, educação, habitação, agricultura, acesso à água, meio ambiente, inclusão social, trabalho, cultura, esporte e lazer, turismo e desenvolvimento econômico para levar justiça social a todos os cantos do Estado.