Sugestão III

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/05/2014 às 00:20:00

* José Wilson Brito Couto

Superintendência  Municipal de Transportes de Trânsito - SMTT:  Órgão criado ( creio eu) com a finalidade de resolver alguns problemas relacionados ao tráfego de veículos em nossa Capital. Não conheço a legislação que disciplina ou regulamenta seu funcionamento e muito menos a data de sua aprovação pela Câmara de Vereadores. Mas sua existência é denunciada pela presença principalmente nas ruas, de seus funcionários denominados "Agentes de Trânsitos", uniformizados de cor amarela  com boné branco, a pé ou  motorizados ( de moto ou de carro)
Sendo eu motorista e consequentemente usuário  do trânsito em Aracaju, e observador do comportamento desses servidores municipais (de ambos os sexos), e com o intuito de colaborar com a Prefeitura, sinto-me na obrigação de apontar algumas falhas e ao mesmo tempo fazer algumas sugestões que venham a beneficiar o andamento do tráfego em nossa terra. Temos observado , e o que parece, ser o efetivo,  para atender as necessidades da cidade  muito pequeno e não sei se a orientação que recebem  são adequadas par exercer suas funções.  Digo isso porque noto  a ausência desses elementos nos principais pontos  de estrangulamento de trafego tanto dos veículos quanto de pedestres. E para piorar, em alguns lugares não há semáforos, dificultando mais a operacionalização e o andamento, do muitas vezes caos ali criado.
Temos visto, e o que é ruim,  ajuntamento dessa pessoas em locais de tráfego intenso,  sem tomarem nenhuma iniciativa para resolver o problema, o que muitas vezes  cria um sentimento de revolta e indignação as usuários do transito que assistem essa indolência e falta de competência, principalmente aos que, como eu tem seus impostos pagos em dia.
Mas como está estampado no caput desse artigo, sendo nossa intenção colaborar, aqui vai algumas sugestões
1)    No Mercado Albano Franco,  no estacionamento Norte, há uma pista hoje interditada por tubulões de concreto, e ocupada por dois "contêineres". Se há necessidade daqueles moveis, não sei, mas se houvesse um remanejamento dos mesmos, pois  espaço existe e se retirasse os tubulões de concreto, resolveria e muito o tráfego naquele local, funcionando como retorno.
2)    É de responsabilidade da SMTT disciplinar o trânsito. Em Aracaju hoje , uma das maiores dificuldade é estacionar um carro. As vagas são escassas , principalmente naquela zona, pois existem as garagens, os vendedores de frutas com seus enormes tabuleiros, os caminhões de transportes de mercadorias, etc
E para complicar cada vez mais, as motos estão a ocupar espaços dos carros. Isso é fácil de resolver, basta estabelecer locais exclusivos para estacionar as motos. Existem zonas "mortas" próprias para  guardar esses pequenos veículos, deixando livre os espaços para os carros. Essa solução é Urgente!
3)    Grande parte de nossa Cidade está sem placas com os nomes das ruas, dificultando a orientação, não só os da terra,  como também os que nos visitam (turistas) . Nossa sugestão é dividir a zona urbana  em áreas, e incumbir  esses "Agentes de Transito", não só para conhecerem bem  a planta da nossa capital, como  para detectar e  corrigir os possíveis erros das placas indicadoras de ruas, afinal orientação também é transito. Esses mesmos "Agentes" fariam a verificação dos cruzamento que necessitam urgentemente a implantação de semáforos, como por exemplo os cruzamento das rua Lagarto com São Cristóvão,  Euclides Paes Mendonça e Ananias Azevedo com Antonio Fagundes Santana
4)    Outra boa sugestão seria, capacitar os 'Agentes" para  atendimentos de urgência enquanto aguardam a
chegada do pessoal competente, como por exemplo; aplicação de primeiros socorros as vitimas de acidentes do transito, ou  debelar o fogo inicial até a chegada dos bombeiros. Essas providencias ajudariam a liberação do transito no local que normalmente engarrafa.

* José Wilson Brito Couto é professor emérito da UFS (Aposentado)
 (jwbc@uol.com.br)