CDL pede cautela na decretação de facultativo durante a Copa do Mundo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/05/2014 às 00:22:00

Diante do péssimo desempenho das vendas no Dia das Mães, conforme previu antecipadamente - o volume de vendas a prazo na semana, entre os dias 4 e 10 de maio deste ano, caiu 3,55% em relação a mesmo período de 2013 - a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) voltou a apelar para o poder público - Estado e Municípios - para que não decretem ponto facultativo no dia de jogos do Brasil durante a Copa do Mundo.
Segundo Samuel Schuster, presidente da CDL, os três jogos do Brasil acontecerão no fim de tarde, sendo dois às 17h, dias 12 e 23 de junho, e um outro às 16h, no dia 17.
 "Os governos precisam combinar uma melhor forma para não esvaziar ainda mais o comércio por conta dos jogos do Brasil. Nós também estudaremos uma maneira de contemporizar as atividades comerciais com o sentimento da Nação em assistir aos jogos", disse.

Para Gilson Figueiredo, da FCDL, todas as CDLs de Sergipe - 19 existentes - também apelam para que os governos municipais não façam dos jogos da seleção canarinha um feriado desnecessário, "principalmente porque o mês de junho é também um mês de festa, onde o comércio precisa funcionar regularmente para faturar e honrar seus compromissos".
A CDL e a FCDL vão defender o funcionamento do comércio no dia em que ocorrer os jogos do Brasil de forma plena, porém orientando que os lojistas fechem seus estabelecimentos uma hora ante da partida durante a 1ª fase da Copa.