Câmara assina convênio com UFS para fortalecer Escola do Legislativo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Observado pelo reitor Antonielli,  Vinícius Porto assina o convênio
Observado pelo reitor Antonielli, Vinícius Porto assina o convênio

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/05/2014 às 00:41:00

O presidente do Legislativo Municipal, Vinicius Porto (DEM), recebeu o reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Roberto Antoniolle, para assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a CMA e a UFS. O ato foi realizado no Plenário do Parlamento nesta quarta-feira, 14, e contou coma presença dos vereadores da Casa e funcionários da universidade.

Com a assinatura do convênio, a Escola do Legislativo Municipal, criada na gestão de Vinicius Porto, vai ter uma otimização dos seus serviços. "Foi feito em 2013, uma visita de cortesia à UFS para sabermos a possibilidade de estreitar laços e que pode nos unir para o crescimento da nossa cidade e o reitor disse que a UFS estaria de portas abertas para incrementar e melhorar cada vez mais a Escola do Legislativo e qualificar os servidores dessa Casa", frisou.

O presidente ressaltou que, com o sinal verde da universidade, os diálogos começaram a ser colocados em prática. "Essa é uma oportunidade impar porque a UFS, que tem os melhores quadros de profissionais do Brasil, vai nos ajudar a melhorar os serviços prestados por esse Parlamento à sociedade aracajuana", assegurou.
"Estamos agradecidos pelo gesto que o reitor está tendo com essa Casa que discute o crescimento planejado dessa cidade, como o Plano Diretor que será estudado aqui, para que possamos contribuir com o crescimento ordenado da cidade, além disso, com essa parceria, o reitor reafirma que não está só preocupado com a sala de aula da UFS, mas com o crescimento do Estado, através da oportunidade de oferecer o conhecimento dos técnicos e essa visão faz com que, cada vez mais, possamos nos orgulhar da UFS", completou.

O reitor da UFS Angelo Antoniolle ressaltou a importância de se estabelecer a parceria com a CMA. "Quando recebi o presidente pensamos em uma universidade não só focada no intramuros, mas numa integridade entre sociedade e universidade. A UFS tem a responsabilidade de discutir as políticas públicas com a sociedade sergipana e é isso o que estamos fazendo ao assinar convênio com o Parlamento de Aracaju", pontuou.

Para Angelo, o papel da universidade, por ser pública, deve ser respaldado nos interesses públicos. "Queremos inovar e, quando o presidente da CMA convida a UFS para essa integração, essa Casa fortalece os laços existentes entre a UFS e Aracaju. É um debate que queremos fazer em todas as Câmaras para fazer uma ação diferente, para que possamos usar a capacidade de refletir e aprender cada vez mais e, hoje, marcamos uma nova etapa com o relacionamento entre sociedade e universidade", frisou.