MPE inaugura Espaço de Eventos Marcelo Déda

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da inauguração da homenagem a Marcelo Déda na sede do MPE
Aspecto da inauguração da homenagem a Marcelo Déda na sede do MPE

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/05/2014 às 00:19:00

Uma homenagem a um dos maiores homens públicos da história de Sergipe pela contribuição e atuação em prol do Ministério Público do Estado (MPE). Essa foi a tônica da solenidade na qual o governador Jackson Barreto e o procurador Geral de Justiça, Orlando Rochadel, a secretária da Assistência, Inclusão e Desenvolvimento Social e viúva, Eliane Aquino, inauguraram o espaço de eventos que leva o nome do ex-governador Marcelo Déda. O ato ocorreu no quinto andar da sede do MPE, no bairro Capucho.

Para Jackson Barreto, a homenagem do Ministério Público corporifica o sentimento de respeito, reconhecimento e gratidão ao trabalho de um homem que dedicou sua vida ao seu povo. "Eu gosto muito de sentir nas pessoas o sentimento da lealdade, do respeito e do reconhecimento. Essa casa, que merece o respeito de todos os sergipanos e brasileiros, prestando essa homenagem ao governador Marcelo Déda, simboliza o sentimento que eu gostaria de ver cada vez mais no coração das pessoas: o carinho, o amor e a lealdade", pontuou Jackson Barreto, ao avaliar todo o contexto de homenagem que contou com a participação de autoridades, familiares e amigos do ex-governador.
"Nunca devemos esquecer quem marcou nossa vida com o trabalho, com a dignidade e com honra, como foi a história de Marcelo Déda. O Governo do Estado fica feliz pela lembrança, reconhecimento e gratidão, tendo a certeza de que a homenagem ora prestada pelo Ministério Público também condiz com o reconhecimento de toda a sociedade sergipana", declarou o governador, emocionado, após a apresentação de um vídeo com imagens do ex-governador e apresentações artísticas que, contando com o coral da instituição, entoaram canções preferidas do ex-governador.

Já o procurador Geral de Justiça, Orlando Rochadel, fez questão de relatar o processo de construção de sua amizade e sentimento de admiração por Marcelo Déda, além de classificar como histórico o papel do governador que investiu e acreditou no trabalho do Ministério Público de Sergipe.
"A decisão de homenagear o governador Marcelo Déda partiu do Colégio de Procuradores em reconhecimento ao papel histórico que ele teve no fortalecimento  do Ministério Público, sempre pensando na oferta de um melhor serviço à população. Prova disso, é esse prédio em que estamos hoje, que contou com a extrema colaboração do nosso saudoso Marcelo Déda", relembrou Orlando Rochadel, ao enumerar aspectos de sua admiração pelo cidadão, pai, político, orador e intelectual Marcelo Déda.
"Ele nos deixa, e para as futuras gerações, um exemplo de hombridade, de amor ao trabalho e ao seu povo, tendo como principal característica a hombridade de um homem probo", sentenciou o procurador, que também exaltou a postura e atuação de Eliane Aquino, sobretudo após a descoberta da doença do ex-governador, além de tecer comentários elogiosos a diversos integrantes da família Déda, como os desembargadores Arthur Oscar , tio do ex-governador, Claúdio Déda, presidente do Tribunal de Justiça, que é irmão do ex-governador, e Edson Ulisses, vice-presidente do Tribunal de Justiça, cunhado do ex-governador.

Emoção - Tomada por intensa emoção, a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, viúva do ex-governador, Eliane Aquino, agradeceu a homenagem e falou da necessidade de se perenizar os valores exaltados por Marcelo Déda. "Em todos os lugares por onde passo, coleto o sentimento de carinho, amor e admiração das pessoas pelo legado de Marcelo Déda. Ele faz falta ao nosso estado e ao nosso País e é nossa responsabilidade sempre prezar pelos valores que ele representava, sobretudo, a dignidade na política. Através do instituto que estamos criando, queremos que a inspiração dele continue motivando as novas gerações para buscar dignificar a nossa política", disse Eliane, referindo-se ao trabalho de estruturação do Instituto Marcelo Déda.

Ainda prestaram homenagens em discurso a procuradora Conceição Rolemberg e os desembargadores Edson Ulisses e Cláudio Déda, que também agradeceram a homenagem em nome da família. A solenidade foi finalizada com uma apresentação artística que integra a programação que animará o Espaço de Eventos periodicamente.