Polícia Civil prende traficantes de São Paulo com 10 quilos de crack

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/05/2014 às 00:32:00

Policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam na manhã do último sábado, 24, na cidade de Cristinápolis, divisa com o Estado da Bahia, dois traficantes do Estado de São Paulo que transportavam 10 quilos de crack de São Paulo para Maceió, capital de Alagoas. De acordo com o diretor interino do Cope, delegado Jonathas Evangelista, a polícia sergipana recebeu uma denúncia de que ônibus estava transportando crack para o Nordeste e que passaria por Sergipe no dia 24 de maio.
 "Montamos uma operação na BR-101 e paramos vários ônibus a fim de averiguar a denúncia. Em determinado momento, abordamos o veículo indicado e durante a revista encontramos os 10 quilos de crack acondicionados em uma bolsa preta no bagageiro do veículo", disse o delegado.

Os homens que transportavam o entorpecente foram identificados como Ademir Marinheiro de Aruda, 44 anos, e José Roberto dos Santos, 33. Segundo a polícia, Ademir tem um mandado de prisão em aberto pelo Estado de Minas Gerais pelo crime de falsificação. "Ele também tem um ônibus que faz viagem clandestinas de passageiros de São Paulo para o Nordeste. Nesta viagem, por exemplo, o ônibus dele foi apreendido por restrição administrativa em Minas Gerais, mas Ademir alugou outro ônibus regularizado e trouxe os passageiros e a droga", disse.

Os acusados negaram serem os donos do entorpecente, bem como disseram não conhecer quem transportava o crack. Diante dos fatos, o delegado informou que as investigações vão continuar e dentro do prazo legal a polícia de Sergipe espera identificar o traficante que vendeu (São Paulo) e o que comprou (Alagoas). Após a prisão da dupla, os demais passageiros seguiram viagem com destino a Alagoas.