Déda inaugura obras em São Cristóvão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da cerimônia em comemoração a Emancipação  Política de Sergipe
Aspecto da cerimônia em comemoração a Emancipação Política de Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/07/2012 às 14:46:00

Oito de julho de 2012. Há  192 anos, o rei D. João VI assinava o decreto que declarava o fim da dependência política de Sergipe junto ao governo da Bahia. Assim como nos últimos anos, o fato mais importante da história do Estado foi celebrado com uma série de atividades, tendo à frente o governador Marcelo Déda. O cenário foi a Praça São Francisco, em São Cristóvão, que há um ano, nesta mesma data, recebeu o diploma de Patrimônio Cultural da Humanidade.

 "Esta é uma data que deve ser celebrada, deve ser sempre buscada no fundo do coração do sergipano porque ela nos lembra que somos parte do Brasil, mas temos a nossa própria autonomia, somos um estado federado, que é governado por aqueles que o povo escolhe, sem depender de nenhum outro estado, ajudando a construir o Brasil, mas também afirmando a nossa personalidade, o nosso caráter e a nossa singularidade", ressaltou o governador.

A programação alusiva à Emancipação Política de Sergipe ocorreu entre a tarde e a noite de domingo passado, dia 8,  com a Praça São Francisco repleta de grupos folclóricos de diversos municípios. Teve início com a revista à tropa da Polícia Militar, seguiu com a Missa em Ação de Graças e culminou com a inauguração da restauração de dois prédios históricos: o Lar Imaculada Conceição, que sediou a antiga Santa Casa de Misericórdia, e o prédio da Antiga Delegacia, onde funcionará o Museu da Polícia Militar de Sergipe.

Além disso, houve o anúncio de conclusão de requalificação de espaços públicos. Todas as obras inauguradas se inserem no Programa Monumenta, de recuperação do patrimônio cultural urbano brasileiro, concebido pelo MinC/IPHAN, com apoio da Unesco e executado em Sergipe pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). Somados, os investimentos nas melhorias entregues neste domingo totalizam mais de R$ 1,4 milhão.

Autoestima - Ao falar sobre as inaugurações, Déda observou que um dos elementos mais importantes para que um povo tenha autoestima e valorize a sua história, está na preservação da sua memória. Com a inauguração do Museu da Polícia Militar, somada às entregas do Palácio-Museu Olímpio Campus e o Museu da Gente Sergipana, já são três novos museus construídos pela atual gestão, além da restauração do Museu Histórico de Sergipe, também em São Cristóvão.