INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/07/2014 às 00:01:00

Desde que iniciou sua gestão, o prefeito de Pacatuba, Alexandre Martins, tem trabalhado para mudar a Educação da cidade. E Para isso, além de valorizar os profissionais da área, busca implantar ações de melhorias na estrutura física das escolas municipais. Após realizar diversos reparos nos prédios visando à oferta de ambientes adequados para a promoção do ensino de qualidade, o gestor deu início, através da Secretaria de Obras, a construção de muros em torno das unidades escolares dos povoados Boca da Barra, Ponta de Areia, Estiva do Raposo e Areia Branca. Tudo para garantir segurança ao alunado.

Além disso, adquiriu recentemente por meio de um programa federal, ar - condicionados para colocar, inicialmente, em sete escolas, com o objetivo de proporcionar conforto aos estudantes durante as estações quentes. "É algo inovador em nossa cidade e que certamente ajudará na melhoria do ensino, uma vez que as crianças e adolescentes não sofrerão mais nos dias de calor. Quero lembrar que apenas as salas de aula terão os aparelhos, que já chegaram e em breve serão instalados. Até porque os estudantes são prioridade", explicou Edjanio Lemos Santos, secretário de Obras.

Além de garantir o funcionamento das escolas já existentes, o prefeito está construindo novas unidades de ensino. A primeira, que entrou em fase de conclusão esta semana, é a Escola Municipal do povoado Santa Aninha. Visto como o "Colégio Modelo", o novo prédio possui quatro salas, laboratório, espaço informatizado e será o primeiro com ambientes climatizados. "Como é um local totalmente novo, não precisaremos fazer nenhum ajuste para colocar os ar-condicionados. Então ela já será inaugurada com todo o sistema pronto", explicou Edjanio.
Também será concluído brevemente o serviço de drenagem da Escola Municipal do povoado Boca da Barra. "Uma obra extremamente importante, já que no período chuvoso o prédio costuma alagar. Com este serviço finalizado, os alunos terão tranquilidade e os professores e funcionários do colégio também", salientou o secretário.

NINGUÉM SE METE
A senadora Maria do Carmo (DEM), disse na última quarta-feira (09), que ninguém está autorizado a falar por ela, a não ser o seu esposo, o prefeito João Alves Filho. Nos bastidores, os comentários são de que a afirmação tem relação com a filha da parlamentar, Ana Alves, que vem causando algumas polêmicas nas redes sociais. Ontem (10), João Alves também se pronunciou. Em entrevista aos repórteres Alex Carvalho e Jailton Santana, no Jornal da Ilha FM, afirmou que "uma pessoa da família está complicando a campanha de Maria". Segundo o prefeito, a tal pessoa comete excessos nos comentários das redes sociais. "Não tem nada de errado. Palavra dada. Palavra cumprida. Portanto ninguém está autorizado a falar pela Maria. Não está havendo nenhum problema e ela está satisfeita", garantiu.

ROYALTIES
O Tribunal de Contas de Sergipe (TCE/SE) vai elaborar uma norma que discipline a aplicação dos recursos de Royalties destinados ao Estado e aos municípios sergipanos. A iniciativa teve a adesão do procurador-geral do Ministério Público de Contas, José Sérgio Monte Alegre, que fez referência a um artigo do conselheiro Carlos Alberto Sobral, onde é destacado que o Supremo Tribunal Federal (STF) já havia decidido que os recursos de petróleo são próprios dos entes federados. A mesma decisão - fruto de uma disputa entre o TCE do Rio de Janeiro e o Tribunal de Contas da União - diz que é responsabilidade dos Tribunais de Contas dos Estados fiscalizar os recursos pagos a Estados e municípios como compensação pela extração de petróleo e gás natural.