Quarto Sercine divulga programação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Um gigante gentil
Um gigante gentil

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/07/2014 às 00:03:00

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

O melhor da produção nacional, com uma janela aberta para o sotaque da aldeia. Divulgada ontem, a programação do 4º Sercine - Festival Sergipe de Audiovisual, já tem lugar e hora certa para reunir os interessados no Cinema tupiniquim. Próximo dia 19 de julho, às 19 horas, o Teatro Atheneu exibe o longametragem 'Dominguinhos - Volta e meia' (2014), um documentário dedicado à obra e universalidade de um dos maiores valores da música brasileira.
Com direção de Felip Briso e produção de Mariana Aydar, Duani e Eduardo Nazarian, o filme foi responsável por grandes encontros do homenageado com nomes como João Donato, Lenine, Gil e Elba Ramalho, que renderam duetos emocionantes.

A cantora Maryana Aydar sintetiza as motivações da homenagem, fazendo justiça a quem bem o merece. "Um Dominguinhos que pouca gente conhece: jazzista, improvisador, universal. Virtuoso que nunca estudou música". A cantora menciona ainda a personalidade cativante do ídolo. "Assim era Dominguinhos. Grande, muito grande. Simples, muito simples".

Programação - Uma semana inteira, com a sétima arte em cartaz. Serão seis dias de exibição, discussão e formação. O Festival, que acontece de 19 a 25 de julho, preparou uma série de atividades que trazem para Sergipe o que de me melhor tem sido feito no audiovisual contemporâneo brasileiro.
Trazendo para o público sergipano curtas dos quatro cantos do país, o Sercine promove ainda as Mostras Competitivas Nordeste e Universitária. Serão exibidos 28 curtas, além de seis longas encarregados de encerrar as noites de exibição.

Interessado no diálogo com o cinema feito fora do país, o Festival traz ainda a Mostra Africavenir de Cinema Africano. Com a curadoria de Hans-Christian Mahnke, a Mostra pretende oferecer uma vitrine para ideias africanas envolvendo cultura, sociedade, política e economia, aproximando o público sergipano e nordestino da produção e linguagens cinematográficas contemporâneas, debatendo as principais temáticas, tendências, narrativas e estéticas presentes nessas produções.