POSICIONAMENTO POLÍTICO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/07/2014 às 16:06:00

O deputado estadual Zé Franco reuniu a imprensa e amigos políticos na manhã desta quinta-feira, 17, em um hotel na Orla de Atalaia, em uma coletiva, para esclarecer alguns posicionamentos e expor o seu parecer em relação às próximas eleições. O parlamentar revelou que já entrou com uma ação na justiça para garantir que seu nome seja confirmado na ata do Partido Democrático Trabalhista (PDT).
"Eles (os membros do PDT) não me deram o direito de ter meu número. Existem tantas outras combinações. Mas se fizeram isso para me ver cabisbaixo ou triste, não conseguiram. Estamos recorrendo para anular a convenção e, assim, tornarmos aptos para as próximas eleições", avisou.

Zé Franco esclareceu que em momento algum se preocupou com acomodações de partidos em chapinhas ou chapão. "Isso para mim não interessa. Não me preocupo com chapinha, chapão ou 'chaparrão'. O que quero é meu direito de disputar um mandato, a minha reeleição", disse o deputado.
Acompanhado da sua esposa, a ex-deputada Venuzia Franco, da sua irmã, a ex-deputada Celinha Franco, do candidato a governador do Estado, Eduardo Amorim, do prefeito da capital, João Alves Filho, da senadora Maria do Carmo Alves, do ex-governador Albano Franco, além do candidato a vice-governador, Augusto Franco Neto, do deputado federal André Moura, e dos deputados estaduais Capitão Samuel, Venâncio Fonseca, Paulinho da Varzinhas, Maria Mendonça e Zeca da Silva, Zé Franco demonstrou muita tranquilidade. "Estou feliz, pois estou no meu lugar, e ao lado de grandes amigos".

Sobre seus planos futuros, Zé Franco revelou que, caso não consiga reverter a questão da inelegibilidade, é possível um apoio ao padre Inaldo (PCdoB), na disputa para  uma vaga na Assembléia Legislativa. "A probabilidade de apoiar é grande. Já tivemos algumas conversas. O padre conhece o município e já demonstrou ter uma capacidade extraordinária, quando foi testado na última eleição para a prefeitura de Nossa Senhora do Socorro", revelou.

ASSEMBLEIA
Ainda na coletiva, Zé Franco também anunciou que poderá assumir a presidência da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese) logo em breve. "Fui eleito para vice. Mas como este é um agrupamento que tem palavra, espero e aguardo ansiosamente esta possibilidade. Se assim acontecer, serei um presidente à altura da deputada Angélica Guimarães", afirmou. O senador e candidato ao governo do Estado pelo Partido Socialista Cristão (PSC), Eduardo Amorim, mostrou-se satisfeito com o posicionamento de Zé Franco, explicitando sua amizade e apoio ao parlamentar. "Ao deputado, meu sempre muito obrigado pela parceria, amizade e confiança sincera", declarou o candidato.

PROJETOS APROVADOS
A Câmara Municipal de Aracaju analisou e aprovou 17 Projetos de Lei nesta quinta-feira (17). Entre eles estão isenção de débitos aos contribuintes do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), além de outros. Os vereadores também aprovaram o projeto que institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços e o que autoriza a cessão da área pública do Parque Augusto Franco, na Zona Sul da capital para a construção do monumento em homenagem ao ex-governador Marcelo Déda, pelo Instituto Banese. A convocação do Parlamento foi durante uma sessão extraordinária no período de recesso foi feita pelo prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) e não acarretou em despesa para o município. "Todas as Sessões Extraordinárias não representam custos para os cofres públicos de Aracaju", ressaltou o presidente da Casa, Vinicius Porto (DEM).