Déda agiliza projetos para assinar convênio

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Déda durante a reunião com secretários
Déda durante a reunião com secretários

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 12/07/2012 às 03:05:00

Estudar as formas de acesso e definir prioridades a serem elencadas para atender aos critérios do novo programa de crédito lançado pelo Governo Federal, o Pró-Investe, que poderá assegurar recursos da ordem de R$ 560 milhões para investimentos em Sergipe. Este foi o objetivo de uma reunião promovida ontem pelo governador Marcelo Déda, no Palácio de Veraneio.

Com os secretários do núcleo de gestão e finanças do governo, Déda avaliou todos os detalhes da resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), que aprovou o referido programa. "Este foi um programa lançado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, cujo objetivo é disponibilizar recursos para os estados investirem em infraestrutura dentro do esforço para retomada do crescimento", explicou o governador.

De acordo com o governador, ao aprovar as condições da operação, o CMN estabeleceu o limite que estará disponível para cada Estado, e Sergipe ficou com de R$ 560 milhões.

Déda anunciou, dentro dos preparativos para acesso ao Pró-Investe, que o secretário de Estado da Fazenda, João Andrade, viajará já na próxima segunda-feira, 16, para o Rio de Janeiro, onde se reunirá com a equipe técnica do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Já o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, José de Oliveira Júnior, viajará na próxima quarta-feira, 18, a Brasília, onde se reunirá com a ministra do Planejamento, Míriam Belchior, para avançar nos detalhes do programa, buscando mais informações, de modo a agilizar a adesão de Sergipe ao Pró-Investe.

Segundo o governador, essa operação do Pró-Investe, somada a outras que estão em tramitação,  faz Sergipe ultrapassar a cifra de R$ 1,5 bilhão em recursos novos para garantir investimentos até 2014.

"Nossa ideia é que no dia 31 de julho  já tenhamos o plano de aplicação para esses recursos do Pró-Investe e, já em agosto, possamos dar entrada na solicitação dessa operação de crédito", antecipou o governador.
A meta, segundo Marcelo Déda, é buscar assinar este novo contrato em meados de outubro para assegurar o acesso ao crédito ainda em 2012.