Gestores fazem debate sobre programa de plataformas do conhecimento

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/08/2014 às 00:38:00

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, coordenou em Brasília, na segunda-feira, 04, a reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), do qual é presidente. A reunião, realizada na sala dos conselhos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), na capital do Distrito Federal contou com a presença do ministro Clélio Campolina Diniz, do MCTI, do Secretário Executivo do Ministério, João de Negri, além de representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID), do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e os Secretários Estaduais de Ciência, Tecnologia e Inovação do país.

Na oportunidade, o ministro fez uma explanação do Plano Nacional de Plataformas do Conhecimento, que tem como projeto desenvolver setores para transformar o Brasil em uma potência mundial. De acordo com o secretário Saumíneo Nascimento, uma das propostas é criar, em 10 anos, 20 plataformas do conhecimento em áreas como agricultura, saúde, energia, aeronáutica, tecnologia da informação e comunicação, naval e equipamentos, entre outras. "Para isso, a previsão é aumentar os investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) para 2% até 2020; reduzir a dependência que o país tem em tecnologias estrangeiras; fazer do Brasil um dos países líderes em número de patentes de invenção concedidas anualmente; e estabelecer, em definitivo, a interação do desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico com o setor produtivo, visando solidificar um processo de crescimento sustentável e inclusivo", destacou.

Conforme divulgado pelo secretário, a explanação do ministro Clélio Campolina foi precedida de um amplo debate com todos os Secretários Estaduais que apresentaram sugestões e contribuições para o aperfeiçoamento do Programa. "Após o debate assistimos uma apresentação da Diretora de Relações Institucionais do INPI, Denise Gregory, sobre o futuro do INPI e possibilidades de parcerias com os Estados para uma ampliação da atuação do órgão", destacou Saumíneo Nascimento. "Já ao final da reunião ocorreu um debate intenso sobre o Novo Código de Ciência e Tecnologia que está em tramitação no Congresso Nacional, através da  Proposta de Emenda a Constituição, PEC 290/2013 e da PL 2177/2011, com a participação do Deputado Federal, Izalci Lucas (DF), que representou a Câmara dos Deputados na reunião", divulgou.

PNPC - O decreto que instituiu o Programa Nacional de Plataformas do Conhecimento (PNPC) foi assinado pela presidente Dilma Rousseff no dia 25 de junho, durante reunião do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT) e da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), no Palácio do Planalto. A execução das ações de desenvolvimento tecnológico ficarão a cargo de instituições governamentais (como Finep, BNDES) e ministérios.