Homenagem a Rogério é marcada pela saudade

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O Atheneu ficou lotado para a homenagem ao cantor Rogério, na noite de quarta-feira
O Atheneu ficou lotado para a homenagem ao cantor Rogério, na noite de quarta-feira

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/08/2014 às 00:51:00

Com o sentimento de saudade, familiares, amigos e admiradores assistiram ao show que homenageou o cantor e compositor, Pedro Rogério Cardoso Barbosa, ou simplesmente "Rogério". A apresentação foi organizada por cantores amigos de Rogério, entre eles a diretora de Cultura da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Antônia Amorosa de Menezes.

O show "Canções do País de Rogério", realizado na noite desta quarta-feira, 13, no Teatro Atheneu arrecadaria fundos para o tratamento de saúde do cantor, que faleceu na madrugada do mesmo dia, em São Paulo.  Assim, a apresentação acabou se tornando uma grande despedida. "Apesar da dor da perda, esse show é um momento de alegria, porque mostra como meu pai lutou pela musica sergipana, em todos os lugares que ele passou", destacou Pedro Luan, filho de Rogério, que cantou logo no início da apresentação.

Segundo Luan, seu maior objetivo agora é dar continuidade ao trabalho do pai, para que nada caia no esquecimento. "Meu pai foi um cara que levantou a bandeira da nossa música e me ensinou muito. Posso estudar nas melhores escolas que existem, mas nada se compararia ao que aprendi com ele, principalmente em relação à música", complementou.

Amiga de Rogério desde a década de 80, Amorosa também falou sobre o empenho do compositor com a divulgação da cultura local.  "Rogério foi o segundo artista que mais levou a musica sergipana para a mídia nacional. Rodou pelo Brasil inteiro, mas nunca abandonou suas raízes. Então esta noite é de consagração, homenagem e reconhecimento deste grande artista", afirmou.

Uma das atrações mais esperadas da noite foi o músico pernambucano, Nando Cordel, que divertiu o público com suas histórias e consagradas composições como De Volta pro Aconchego e Isso Aqui Tá Bom Demais, ambas em parceria com Dominguinhos; Hoje é Dia de Folia, interpretada por Xuxa; e Gostoso Demais. "Eu sempre vibrei muito com a alegria que Rogério tinha pela musica. Ele foi um dos maiores batalhadores da musica do Nordeste", lembrou.

Durante o evento, foram entregues placas de agradecimento a pessoas e entidades, entre elas a Funcaju, que apoiaram Rogério na luta contra o câncer e outros problemas de saúde. O show contou ainda com a participação de Valter Nogueira, Tonho Baixinho, Valtinho do Acordeon, do grupo "Servos da Divina Misericórdia" da Paróquia Santa Rita de Cássia, entre outros músicos, amigos e familiares.

Enterro -  O corpo do cantor Rogério foi velado desde a noite de quarta-feira em Aracaju, onde recebeu homenagens e foi enterrado no final da tarde de ontem no município de Estância, sua terra natal.