Almaviva recebe visita de representantes do Estado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Secretário foi recebido por diretores da Almaviva
Secretário foi recebido por diretores da Almaviva

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/08/2014 às 22:31:00

O secretário do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Roberto Bispo, visitaram na quinta-feira, 14, a sede da maior empregadora de Aracaju, a empresa italiana de telemarketing, Almaviva.
Criada na Itália há 30 anos, além do seu país de origem, a empresa possui unidades na Tunísia, China Oriental (na cidade de Xangai) e Brasil, onde está distribuída entre Sergipe, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina, Piauí e Alagoas, totalizando 7 instalações, sendo 2 em São Paulo.

Em Aracaju, a Almaviva se encontra instalada no bairro Industrial há pouco mais de um ano - a primeira ligação foi atendida em 02 de fevereiro de 2013 -, funciona 24 horas por dia, possui 5500 funcionários empregados diretamente, na faixa etária entre 18 e 24 anos, sendo 70% mulheres e 30% homens, onde a maioria desfruta do primeiro emprego. "É interessante ver como vocês já mudaram a cara do bairro", observa o diretor presidente da Codise, ao ser recebido pelo superintendente de operação da Almaviva em Segipe, Filippo Sandei.

Em fluente português, o italiano Filippo orgulha-se em dizer que foi um dos primeiros funcionários da empresa no Brasil e demonstra as oportunidades de crescimento dentro da Almaviva. "Vim para o Brasil, primeiro para São Paulo e hoje estou aqui. Na Almaviva, a pessoa começa como baby e vai evoluindo. De operadora vira supervisora, de supervisora vira coordenadora e aí chaga à gerência. Pelo tempo que estamos aqui, ainda está cedo para termos gerentes que começaram a trabalhar em Sergipe, mas já tem gente crescendo. No início tínhamos muita gente de fora. Hoje já temos pessoas de Sergipe capacitando em Alagoas", conclui.

Felippo informa que a unidade de Aracaju trabalha atendendo ligações - dúvidas e reclamações de clientes - e realizando pesquisas. Diz ainda que Almaviva é única empresa do setor que presta serviços a todas as empresas de telefonia, além de trabalhar para bancos, faculdades e redes de canais a cabo. A estrutura é composta por dois grandes salões de atendimento, cada um com uma média de 500 pontos de trabalho, refeitório, 12 salas de treinamento, banheiros, entre outros setores administrativos. A empresa oferece ainda transporte, plano de saúde, plano odontológico, vale alimentação e parcerias com faculdades, para impulsionar o crescimento profissional de seus empregados.

O secretário da Sedetec, Saumíneo Nascimento, se mostra satisfeito com os resultados trazidos pela empresa para o Estado. "Estamos contentes com a evolução do número de empregos que a Alma viva está oferecendo para a população sergipana. Estive na sede da empresa na Itália, discutindo a sua vinda em fevereiro de 2013 e lá tivemos a garantia de que o projeto em Sergipe seria um impulso importante para a inserção de jovens no mercado de trabalho, para a potencialização do primeiro emprego. Registramos que todos os esforços para a  atração de investimentos é para consolidar o desenvolvimento econômico e social, geração de renda direta para a sociedade (salários) e para os governos (tributos) na construção de uma sociedade mais justa e mais digna", expressa o secretário.