Ao mestre com carinho

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Impossível permanecer indiferente ante a possibilidade de tanto barulho
Impossível permanecer indiferente ante a possibilidade de tanto barulho

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/08/2014 às 00:59:00

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Fúria, a face pública do Lado B Studio, sempre reclamou a presença de música extrema entre as páginas do Jornal do Dia. Eu não imaginava atender um dia os apelos esgoelados do amigo, mas os berros proferidos à frente da finada Camboja, na segunda metade dos 90, autorizavam a insistência. Estávamos bem assim. A visita inesperada da Krisiun, no entanto, muda tudo de figura. Segue abaixo uma espécie de retratação. Ao mestre com um bocado de carinho.

Brutal death metal. O rótulo do veneno não deixa margem pra dúvidas. Melhor ler a bula antes de entornar. Agressividade, velocidade e peso, sem lugar para meio termo.
Impossível permanecer indiferente ante a possibilidade de tanto barulho. Os caras da Krisiun rodaram a Europa inteira antes de colocar Aracaju no mapa da turnê The Great Execution. Uma oportunidade que não tem preço, portanto. Metal do mal na Infinity Club. Quem viver verá.

Krisiun - Formada em 1990 na cidade de Ijuí (RS), a Krisium estourou mundialmente como precursora do movimento brutal death metal com o lançamento do álbum "Black Force Domain". Sucesso de verdade, no entanto, veio somente mais tarde, com o disco "Apocalyptic Revelation", marcada pela devastadora composição "Kings of Killing".

Sempre evoluindo sonoramente em seus álbuns, o Krisiun nunca perdeu peso e brutalidade. Com uma infindável lista de hits, a exemplo de "Bloodcraft", "The Will to Potency", "Blood of Lions", "Combustion Inferno" e "Vicious Wrath", e diversos álbuns que se tornaram clássicos, como "Bloodshed" (2004) e "Southern Storm" (2008), o Krisiun se estabeleceu como um fenômeno global no mundo da música extrema.

Krisiun + [mauá] + Signo of Hate
Infinity Club, 30 de agosto (sábado), a partir das 22 horas