Lideranças do interior reafirmam apoio a Jackson e Rogério

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Jackson, Rogério e Eliane Aquino durante reunião com lideranças
Jackson, Rogério e Eliane Aquino durante reunião com lideranças

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/09/2014 às 00:27:00

Atendendo ao pedido das mais de 50 lideranças que apoiam a coligação Agora é o Povo, Rogério Carvalho, deputado federal e candidato ao senado e o governador de Sergipe, candidato a reeleição, Jackson Barreto, se reuniram no auditório do Mercure Hotel, na orla da Atalaia, para ouvir os questionamentos dos municípios e traçar metas para os próximos dias de campanha.

"O quadro avançou. Praticamente dobrei as intenções de voto e isso ajudou bastante a elevar a margem para nosso governador. Não consigo compreender como um grupo que tem trabalho, força política não consiga ir adiante, colocar a campanha na rua e sair vitorioso. Nós temos a vantagem de ter além das lideranças, a maioria dos prefeitos, líderes legítimos eleitos, isso é uma força muito grande que nos dá a possibilidade de fazer uma campanha bonita", disse Rogério Carvalho.

Representando os demais prefeitos presentes, Fábio Henrique disse palavras de ânimo para Rogério e Jackson. "Talvez estejamos passando os piores momentos, momentos de dificuldades, mas mesmo com todas elas, não tenham dúvida que todos os prefeitos que estão aqui, estão com garra e determinação, empenhados na campanha de Jackson Barreto e Rogério Carvalho. Muitas pessoas quando a pesquisa vai a elas, dizem que vão votar em Maria porque é o nome que é lembrado, mas quando a gente conversa, mostra a importância de um senador e mostra a elas o que você pode fazer e já fez por cada município nosso a gente consegue reverter muita coisa. Que tenhamos o mesmo empenho para Jackson Barreto como para Rogério. Você sendo senador, você que tem relação política e pessoal com todos nós, é um senador para bater na porta. Nós definimos nosso lado, e é esse!", disse.

Eliane Aquino defende a importância de as lideranças trabalharem juntas em prol do grupo. "Precisamos fazer com que os municípios não fiquem sem atividades. Precisamos ir atrás das pessoas, nos tornar multiplicadores. O que está em risco é deixar jogar fora tudo que foi construído em nível de Brasil. É hora de carregar esse grupo como sendo um só. Carregar a bandeira de Dilma, de Jackson, de Rogério como se fosse uma só. Precisamos ter clareza do que queremos. Pé na tábua, mobilizar e ir atrás para dia 5 de outubro eleger todo mundo no primeiro turno".

O senador Antonio Carlos Valadares usou uma história do físico Albert Einstein para representar o momento atual: "Havia um cientista, construtor de frases e que entendia da física como poucos. Durante a segunda guerra ele teve o espírito de visão de alertar ao presidente dos E.U.A. o perigo que representava o nazismo caso vencesse a guerra, pra a fazer a bomba atômica o quanto antes. Se a bomba fosse feita antes pelos nazistas era o mal que ia tomar conta da humanidade. Então ele tomou uma frase que ficou na historia: 'O mundo é um lugar difícil e perigoso de se viver, não por aqueles que fazem mal, mas por causa daqueles que apenas observam e deixam o mal acontecer'. Assim como ele, nós como pessoas experientes que vivenciamos a política temos o dever de avisar aos sergipanos de que o mal poderá acontecer aqui em Sergipe".

Finalizando os discursos e abrindo espaço para as lideranças relatarem suas realidades, Jackson Barreto conclui: "Eu acho que a juventude está na nossa forma de ser, atuar, ser correto com os companheiros. É ter sempre um sorriso largo para todos. Quero falar com meu coração aberto, minha dedicação não é somente com a eleição de Jackson Barreto no primeiro turno, mas também pela candidatura de Rogério Carvalho e também por Dilma, que fizeram muito por Sergipe. Ontem eu participei com Rogério do desfile e eles se esconderam, mas nós não temos porque nos esconder do povo".