Valadares comemora instalação de novas varas trabalhistas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/07/2012 às 15:38:00

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) proferiu na tarde da última quarta-feira discurso no Plenário, comemorando a instalação de duas novas varas de Justiça do Trabalho e do processo judicial eletrônico no órgão em Aracaju   "Queria me congratular, por meio de um requerimento que apresentei à Mesa, com o ministro João Oreste Dalazen, presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior de Justiça do Trabalho, e, também, com o desembargador Jorge Antônio Andrade Cardoso, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região em Sergipe", informou.

Valadares lembrou que Aracaju foi a primeira capital do País a receber a implantação do processo judicial eletrônico na Justiça do Trabalho. O sistema criado para trazer mais agilidade à tramitação dos processos entrou em operação na manhã do último dia 6 de julho, em quatro varas do trabalho, na capital sergipana, e no Tribunal Regional do Trabalho, na 20ª região. "O desembargador, o juiz, o servidor e o assessor podem trabalhar no processo, ainda que esse tenha 30, 40, 50 ou 100 volumes, porque não precisa carregar essa quantidade enorme de autos físicos, basta levar o seu tablet ou notebook consigo", disse.

24 horas - O senador reforçou que esse sistema  também facilitará o trabalho dos advogados que atuam na Justiça do Trabalho. "O sistema funciona 24 horas e o advogado pode protocolar ação ao processo sem que haja necessidade de ir até o fórum, apenas tendo acesso à internet", afirmou.

Segundo Valadares, o benefício maior será para o cidadão. Em Sergipe, a ferramenta será utilizada inicialmente nas 6ª, 7ª, 8ª e 9ª varas de Aracaju, que também têm jurisdição sobre os municípios de São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro, Itaporanga e Barra dos Coqueiros. "O momento é especial para o judiciário de Sergipe. A chegada do processo eletrônico no Estado coincide com 20 anos de relevantes serviços prestados pela 20ª Região à Justiça do Trabalho brasileira e ao País", finalizou.