MEIO A MEIO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/09/2014 às 14:58:00

1 - Depois de um primeiro tempo em que os goleiros Hudson (Porto) e Everson (Confiança) estiveram como meros espectadores, veio um segundo tempo, com Hudson se tornando no grande destaque, realizando difíceis defesas, Porto marcando o seu gol, Leandro Kível ratificando a sua posição de goleador empatou a partida e o árbitro Avelar Rodrigo, como fato inusitado contundido, foi substituído pelo pernambucano, quarto árbitro, que seguiu o jogo até os cinquenta e seis minutos. Com o resultado de 1 a 1, Confiança termina o Grupo A4 do Brasileiro da Série D, na liderança, classificado, deixando Porto e Globo, no Barretão, disputando a segunda vaga do grupo. Só perde a liderança se os comandados de Elenilson Santos aplicarem expressiva goleada, na representação do Rio Grande do Norte.

2 - Com o time armado com nove nomes diferentes dos normalmente aqueles que entram em campo, Betinho conseguiu provar na prática o que quando fala afirmado convicto: "A equipe do Confiança é um grupo". Os que entraram deram conta do recado, apenas, um senão - Jean joga bem, porém, não tem as características de Bibi, como garçom de gabarito para Leandro Kivel, que passou a jogar melhor e mais perigoso, quando da entrada do "baixinho", dando bolas na bandeja para o "matador" finalizar. Registro que não pode deixar passar em branco foi o grande número de torcedores proletários em Caruaru, Lacerdão, voltando para a casa, meio a meio com o empate, quando a maioria esperava uma vitória do Dragão, frente ao Gavião do Agreste, formado por atletas com faixa etária média de 20 anos.

Meio de Campo
CARRASCO NOVAMENTE
Confirmando a fama de carrasco do Cruzeiro, o São Paulo venceu os mineiros por 2 a 0 e pôs fim a uma longa invencibilidade de 19 jogos da equipe celeste. O time de Marcelo Oliveira, não perdia há mais de três meses e viu a distância para o segundo colocado cair para quatro pontos.

EXALTOU DISPOSIÇÃO
O Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0, com um gol irregular de Wallace. Vanderlei Luxemburgo no entanto, preferiu não entrar em polêmica e fugiu do assunto, quando perguntado em coletiva de imprensa no Maracanã. O treinador preferiu exaltar a disposição dos seus atletas.

BICAMPEÕES MUNDIAIS
Foram jogados exatos 4 minutos e 9 segundos, na final do Mundial de basquete em Madri e a Sérvia batia os Estados Unidos por 15 a 7. Era tudo o que quem gosta do esporte esperava: um jogo disputado, com os sérvios encarando os americanos de igual para igual. Segundos depois, porém, o final acabou sendo o óbvio: os Estados Unidos se tornaram bicampeões consecutivos do Mundial. O placar final de 129 a 92, mostra o quanto os astros da NBA foram superiores.

Cartão Amarelo
Troca... troca - Agora o lanterna é o Vitória. O Bahia é o vice!!!

Cartão Vermelho
Luzes de vela. Iluminação do Lacerdão.

Gol de Placa
Brasil vence a Rússia e se torna o único invicto do Mundial