Marina promete não disputar novo mandato se for eleita

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/09/2014 às 02:12:00

Carolina Gonçalves
Agência Brasil

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, afirmou ontem (22) que, se eleita, vai cumprir o mandato de quatro anos e não tentará a reeleição. Ao participar de uma sabatina com integrantes da Associação Nacional de Educação Católica, em Brasília, a candidata criticou o processo de recondução aos cargos do Executivo que, segundo ela, é "um atraso para o país". A ex senadora se comprometeu a defender uma reforma política que mude essa regra já para as próximas eleições.
"Estou antecipando que só terei quatro anos de mandato porque vamos apresentar o projeto de reforma política aumentando [o mandato] de quatro para cinco anos", disse ela, explicando que a mudança só valerá para o governo seguinte e incluirá o fim da reeleição. "O problema da reeleição é esse de criar uma confusão entre o uso institucional para o exercício da função e o uso dos meios e equipamentos que são do Estado para campanha. Essa é uma ambiguidade que será resolvida com o fim da reeleição", afirmou.
No encontro, Marina destacou pontos de seu programa de governo e reiterou compromissos como o de melhorias na área de educação e implementação do ensino em tempo integral nas escolas. A candidata descartou rumores de que não dará sequência a programas sociais, como o Bolsa Família. "Estão dizendo aí que eu vou acabar com tudo e ainda vou acabar com o resto", disse em tom irônico, provocando risos da plateia.
"Contra o marketing selvagem não vale argumento, só discernimento.