Brasil entre os melhores no Individual de GA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O brasileiro Sérgio Sasaki foi um dos destaques individuais, do Mundial de Ginástica Artística, no Japão
O brasileiro Sérgio Sasaki foi um dos destaques individuais, do Mundial de Ginástica Artística, no Japão

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/10/2014 às 00:04:00

O Brasil se manteve entre os melhores no Individual Geral da Ginástica Artística Masculina. Nesta quinta-feira 9, Sérgio Sasaki e Arthur Nory Mariano representaram o País nas finais da categoria e, mais uma vez, fizeram bonito. Depois de uma competição muito forte e equilibrada, que pelo quinto ano consecutivo teve a vitória do japonês Kohei Uchimura, com 91,965 pontos, Sasaki foi o sétimo colocado, com 89,565, figurando entre os principais nomes da modalidade. Nory, que este ano sofreu uma fratura no dedo e passou boa parte do tempo em recuperação, foi o 21º, com 84,174.

A medalha de prata foi para o britânico Max Whitlock, com 90,473 pontos. O Japão ainda colocou mais um representante no pódio. Yusuke Tanaka somou 90,499 e garantiu o bronze.
Sasaki fez séries com um alto grau de dificuldade e praticamente sem falhas. Ele cometeu somente um pequeno deslize em uma das aterrissagens no solo. Segundo ele, o resultado geral foi definido nos detalhes. "A competição no Individual Geral é feita de detalhes. Penso que foi uma superação que tive hoje. Amo este esporte e vou continuar defendendo minha bandeira".
No ano passado, na Antuérpia, ficou com a quinta posição e, nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, foi o décimo colocado.

O Brasil ainda tem grandes chances de subir ao pódio na competição por aparelhos. Neste sábado 11, Diego Hypólito fará as finais do solo e Arthur Zanetti busca o bicampeonato nas argolas. No domingo 12, Sasaki volta a buscar um lugar no pódio, desta vez no salto. Na última terça-feira 7, o País conquistou mais uma marca histórica ao alcançar o sexto lugar por equipes no Mundial. O melhor resultado anterior havia sido a 13ª colocação. Além disso, a Ginástica Artística Brasileira está garantida no Mundial de 2015, que é classificatório para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.