Semana da Alimentação promove eventos em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/10/2014 às 02:22:00

É realizada em Aracaju a Semana Mundial da Alimentação que tem como tema "Preço dos Alimentos - da Crise à Estabilidade". Contando com a presença de profissionais da nutrição e segurança alimentar, nos próximos dois dias atividades abertas ao público serão promovidas também no Restaurante Popular Padre Pedro , centro da capital, e na Feira da Agricultura Familiar. Estes eventos, que possuem apoio do Governo do Estado, tendem a estudar a satisfação dos consumidores e qualidade dos alimentos que são servidos diariamente nestes locais. Conforme dados apresentados pela Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), atualmente o Restaurante Popular Padre Pedro fornece 2000 refeições diárias, sendo 1350 almoços e 650 jantares.

A fim de buscar aperfeiçoamento do sistema, durante todo o dia de ontem foram aplicados questionários no restaurante junto aos usuários do serviço. Entre as questões apresentadas estava a avaliação referente à quantidade e qualidade das refeições, variedade do cardápio, limpeza do restaurante, atendimento dos funcionários e higiene na distribuição das refeições. Aproveitando o ensejo também houve aferição de pressão arterial pela equipe de profissionais. Amanhã a mesma atividade será realizada, em especial nos horários das refeições, ou seja, das 11h às 13h e das 17h às 19h. Quem foi em busca de alimentação se deparou com a atividade promocional e gostou do que presenciou.

Esse foi o caso da lojista Elaine Oliveira que frequenta o local há mais de dois anos. "Fui pega de surpresa mesmo, mas uma surpresa muito boa. Isso me deixa feliz porque mostrar para as pessoas que tem preconceito com o local, que aqui o alimento é gostoso, mesmo sendo por um preço muito abaixo do mercado. Pena que não tive mais tempo livre para conversar com uma nutricionista", declarou. Preparando-se para enfrentar um concurso vestibular no final deste ano, ela disse ter interesse em estudar nutrição e gostaria de tirar dúvidas ainda nessa Semana Mundial da Alimentação.

Para Elaine, esse tipo de iniciativa desperta o interesse pelo conhecimento. "A gente sempre pensa no melhor para a gente e para quem está ao nosso lado. Decidi tentar uma vaga para estudar nutrição e essa atividade aqui me deixou ainda mais interessada em estudar sobre os alimentos, melhor forma de manter o corpo sem exageros, enfim, gostei do que vi", pontuou.
Quem também esteve no local e aprovou a atividade foi o taxista José Fernando dos Santos. Segundo ele, é preciso que ações dessa natureza sejam promovidas com maior frequência. "Gostei do que vi e já disse lá que gostaria mais ainda que essas atividades sejam feitas mais vezes. Quem ganha é a população e todos nós que almoçamos aqui", disse.