PSDB de Sergipe promove ato pró Aécio Neves

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A reunião do PSDB foi no auditório da CDL
A reunião do PSDB foi no auditório da CDL

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/10/2014 às 00:58:00

Representantes de diversos segmentos se reuniram na segunda-feira à noite, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Aracaju, para anunciar apoio à campanha do senador Aécio Neves (PSDB), que vai disputar o segundo turno do pleito com a candidata do PT e atual presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT).

"O que está em jogo é o futuro das próximas gerações", destacou o secretário-geral do PSDB sergipano e vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado. "Não podemos continuar com um Governo Federal que não tem zelo com o nosso patrimônio", disse, ao citar como exemplo os vários escândalos envolvendo desvio de verbas da Petrobras.

Para ele, há um sentimento forte na rua em defesa do patriotismo. "Não podemos continuar vivendo nesse caos instalado no país. Há uma quadrilha dilapidando aquilo que foi construído pelo povo brasileiro. Fala-se em desvios de milhões e milhões de reais. Os principais líderes do PT estão no presídio da papuda, todos condenados por roubar o dinheiro do povo que sofre as consequências da falta de escola, de postos de saúde, de moradia...", afirmou Machado.

Os tucanos ressaltaram que o ato, democrático e voluntário, visou a união de forças dos mais variados segmentos que desejam um futuro melhor para o Brasil. "A vitória de Aécio Neves representa a libertação do país. Vamos juntos salvar o Brasil", conclamou Machado.

O presidente do PSDB de Sergipe, ex-deputado estadual Roberto Fontes de Goes, destacou que há, em todo o país, um clamor por mudanças. "Todos nós acreditamos que Aécio tem capacidade administrativa e fará um governo desenvolvimentista", afirmou.

Roberto ressaltou que a população brasileira está ciente de que é preciso renovar, é preciso implementar mudanças que façam o Brasil retomar o seu crescimento e a população ter acesso a serviços essenciais, emprego e renda. "Aécio Neves está preparado para fazer o Brasil voltar a crescer", afirmou.