O sujo e o mal lavado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Merda pra todo lado
Merda pra todo lado

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/10/2014 às 00:17:00

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

A cultura pop, entre o sujo e o mal lavado. To nem aí pro voto de Chico Buarque, Lobão, Gil e Caetano. Se a vanguarda da velha guarda aparecer de cria nova, cordas de nylon ou overdrive, favor mandar um sinal de fumaça. Inbox e sem spoiler.
Tá chato. Tá puxado. Ninguém festejou a nova temporada da série The Walking Dead. Nem um link esperto na timeline. Com o universo azul pálido das redes sociais dividido em duas bandas, sobrou merda pra todo lado. Medo. Dá a impressão de que as pessoas nunca mais estarão dispostas a dois dedos de prosa e uma caneca fumegante de café no fim da tarde.

Livros, discos, filmes e seriados. Não é pedir muito. Pretexto não falta. Se ainda há beleza no mundo, e a tenacidade de Leonard Cohen não deixa margem para dúvidas, a paixão dos partidários dessa ou daquele outro haveria de encontrar melhor emprego. Popular Problems.
Em cima do muro, eu vejo tudo. O Cântico Negro de José Régio bem me sabe.