Arbitral na FSF definirá "Sergipão 2015"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Presidente Carivaldo Souza, com a retaguarda do diretor técnico Diogo Andrade, convoca os clubes para a 1ª. Reunião Arbitral, em 11 de novembro
Presidente Carivaldo Souza, com a retaguarda do diretor técnico Diogo Andrade, convoca os clubes para a 1ª. Reunião Arbitral, em 11 de novembro

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/10/2014 às 00:13:00

A Federação Sergipana de Futebol (FSF), já começa a planejar o Campeonato Sergipano de Futebol versão 2015, que pode apresentar muitas novidades. Uma delas é a participação das equipes do Confiança e da Socorrense, que disputam a Copa do Nordeste (CN), já na primeira fase da competição estadual. E com esse objetivo, clubes e federação se reúnem no dia 11 de novembro, na sede da entidade.

Dessa primeira reunião, participarão as equipes credenciadas e com vagas garantidas na competição de 2015, que são: Confiança, Socorrense, Sergipe, Itabaiana, Amadense, Lagarto, Coritiba e Estanciano. Em uma segunda reunião e essa definitiva, participarão as duas equipes egressas da Divisão A2, que terá acesso à Divisão de Elite em 20125.

Em 2015, a competição será mais curta. Segundo o diretor técnico da FSF, Diogo Andrade, o Sergipão 2015, deve começar no mês de fevereiro, possivelmente na primeira semana, uma vez que terá a paralisação do dia 15, para as comemorações do Carnaval. A previsão é de que a competição tenha inicia entre 1º. De fevereiro e 10 de maio.
- A expectativa é de menos datas e maior competitividade, porque cada fase será decisiva. A necessidade de começar só em fevereiro é por causa de um encaixe no calendário da CBF, para a próxima temporada, explicou Diogo Andrade.

Diogo informou também que a forma de disputa para 2015 deve ser alterada em relação aos últimos anos. "Vamos apresentar uma fórmula de disputa para ser apreciada pelos dirigentes. A sugestão da FSF apresenta os 10 participantes divididos em 2 grupos de 5, com Grupo A e B, se cruzando em jogos de ida e volta. Os dois primeiros classificados de cada chave, fariam o quadrangular final, utilizando mais 6 datas. Não deixa de ser uma forma de disputa atraente. Mas vai depender muito da posição e decisão dos clubes", disse Diogo.