Considerada a surpresa da Série D, Tombense já revelou craques para Seleção

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Tombense é uma das gratas surpresas da Série D e um celeiro de craques. Já revelou muitos craques
Tombense é uma das gratas surpresas da Série D e um celeiro de craques. Já revelou muitos craques

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/10/2014 às 00:25:00

Tombos, MG - O acesso do Tombense Futebol Clube, à Série C do Futebol Brasileiro, foi um marco para a cidade de Tombos, em Minas Gerais, mas o que alguns não conhecem é a história do clube mineiro. Poucos torcedores sabem, mas jogadores como Marcelo Lomba, Léo Moura, Antônio Carlos, Cícero e Diego Souza, já 'vestiram' a camisa do clube.
O centenário Tombense está sob responsabilidade do empresário Eduardo Uram, que também gere a carreira de jogadores de futebol. Entre a lista do cartola temos Egídio, o lateral Cortês, Vitor Simões do Botafogo, Jean, hoje no Fluminense e até João Paulo, lateral esquerdo da Ponte Preta.

Mas até aí, o que o Tombense tem a ver com esses jogadores? Simples. Sempre que ficam sem clubes, esses atletas assinam um contrato com o Gavião e vão a Tombos ficar treinando, até achar um clube no futebol nacional. Quando aparece um 'comprador', Uram rescinde o contrato e 'agencia' a transferência.
A lista de Eduardo Uram conta ainda com Bruno e Henrique do Fluminense, Roger Carvalho e Aloísio, ambos ex-São Paulo, Ibson, hoje no Sport de Recife, William do Cruzeiro, Márcio Araújo, ex-Palmeiras e hoje no

Flamengo e Wellington Nem, atacante do Shakhtar Donetsk.
Dentre todos os jogadores, sete deles já figuraram na Seleção Brasileira: Marcelo Lomba, no Sub-17 de 2002, Léo Moura em 2008, Cícero em 2011, Diego Souza em 2009, Cortês em 2011, Jean em 2012 e Wellington Nem, também em 2012.