SABE PODE VIRAR NESTLÉ

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/11/2014 às 17:45:00

Os laticínios que surgem no Brasil recebem um nome que algum tempo depois mudará: será Nestlé.
Isso poderá ocorrer com o laticínio Sabe, empresa que mudou, para melhor, o negócio do leite em Sergipe. Foram beneficiados os pequenos produtores valorizados pela concorrência, obtendo melhores preços e ganhando os resfriadores que os libertaram da submissão aos atravessadores. O negócio do leite vive um período favorável, multiplicam-se as microfábricas de queijo, manteiga, os laticínios grandes ganham fôlego para expandir-se, desde que haja o crescimento da produção leiteira. O SABE integra o grupo empresarial de Albano Franco, comandado pelo seu filho Ricardo.       Esperam os pecuaristas que a multinacional Suíça mantenha a mesma estratégia do SABE, tratando bem o primeiro elo da cadeia produtiva , que está no campo e é o mais frágil.