Rede pública de saúde vai imunizar gestantes contra a coqueluche

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/11/2014 às 10:05:00

Aline Leal
Agência Brasil

Desde ontem (17), a rede pública de saúde disponibiliza para gestantes a vacina tríplice acelular (DTPa), que protege contra tétano, difteria e coqueluche, conforme anunciou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. O foco do ministério é a imunização contra coqueluche, de modo que as mães passem a imunidade para os bebês.

Segundo o ministro, os casos da doença têm aumentado em todo o mundo. Salientou que 87% dos registros são de bebês com menos de seis meses. Em 2013, foram 5.668 casos de coqueluche no Brasil e 110 óbitos.
De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina será oferecida a gestantes entre 27 e 36 semanas de gravidez.

Chioro informou que as doses já foram distribuídas em todo o país. Também serão imunizados profissionais que atuam em UTI neonatal e maternidades.
Quando a gestante é vacinada, o bebê fica imune por meio da placenta e protegido até completar o calendário vacinal.