Vendas de veículos em Sergipe cresceram 12,7% em outubro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/11/2014 às 10:51:00

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Fenabrave, indicou que, em outubro deste ano, as vendas de veículos automotores em Sergipe subiram 12,7% em relação a outubro do ano passado. O número de veículos automotores vendidos, no mês analisado, chegou a 4.022 unidades.
No acumulado do ano (até outubro), foram vendidos mais de 38 mil automotores em Sergipe, apresentando elevação nas vendas de 3,0% sobre o total vendido no mesmo período do ano passado.
No mês de outubro, a comercialização de automóveis e comerciais leves foi de 2.040 unidades, com elevação de 5% sobre o mesmo mês do ano passado. O segmento de caminhões vendeu 144 unidades, apresentando alta de 14,3% nas vendas, no comparativo anual.
A comercialização de motocicletas subiu 17,8% no mês analisado, no comparativo anual, com a venda de 1.644 unidades. Apenas o segmento de ônibus apresentou recuo nas vendas na análise anual. Foram comercializadas 13 unidades, enquanto que em outubro do ano passado foram vendidos 102 ônibus.

Combustíveis - No nono mês do ano, a venda de combustíveis no estado de Sergipe totalizou 84,4 milhões de litros, sendo o segundo maior volume vendido este ano, além de registrar a maior marca de vendas de combustíveis para meses de setembro em 14 anos. A análise foi realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da ANP.
Em termos relativos, houve avanço de 11,3% em relação a setembro de 2013. No comparativo com o mês imediatamente anterior, verificou-se incremento de 4,8% na comercialização. Com os dados de setembro, as vendas de combustíveis em Sergipe fecharam com alta de 9,0%, sobre o mesmo período de 2013.