Liga do Nordeste define cota dos clubes

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O secretário estadual de esportes, Gilson Dória, abriu a reunião da Liga Nordeste ...
O secretário estadual de esportes, Gilson Dória, abriu a reunião da Liga Nordeste ...


Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/11/2014 às 09:36:00

Dirigentes da Liga do Nordeste estiveram reunidos em Aracaju, na manhã desta quinta-feira 27, quando definiram todos os detalhes de realização da Copa do Nordeste 2015, incluindo aí, definição de cotas, data de pagamento dessas cotas, placas de patrocínio, bola oficial, logística de transporte e quantitativo das bolas, a serem recebidas por cada uma das 20 equipes participantes da competição.
A reunião de Assembleia Geral da Liga do Nordeste foi aberta pelo secretário estadual de esportes, Gilson Dória, que deu as boas vindas aos participantes do evento, desejando a todos uma boa permanência em Aracaju, encerrando com os votos de boa sorte a todos, afirmando  que melhor seria, se o Confiança fosse o campeão e a equipe da Socorrense, vice-campeã da Copa do Nordeste.
 - Em primeira mão, quero dizer a todos vocês dirigentes de clubes e da Liga do Nordeste, que a Copa do Nordeste é a competição que terá o privilégio de reinaugurar uma das mais modernas praças de esportes do Nordeste, que é o Batistão, com a partida entre Confiança e Vitória-BA, no dia 4 de fevereiro de 2015, lembrou Gilson Dória.
Depois da palavra do secretário Gilson Dória, a imprensa foi convidada a deixar o recinto e o presidente da Liga do Nordeste, Alexis Portela, deu início à reunião, colocando em destaque, os assuntos constantes no edital de convocação.
Votadas pelos presentes, houve aprovação por unanimidades das contas da entidade, referentes ao biênio 2013-2014. Foram também definidos os valores das cotas de cada equipe por fase da competição.
Cada equipe receberá na primeira fase, o valor de R$ 365 mil. Na segunda fase R$ 250 mil e na terceira fase R$ 275 mil. Só nessas fases, cada equipe receberá um total de R$ 890 mil.
A equipe vice-campeã terá uma premiação da Liga do Nordeste, no valor de R$ 400 mil, enquanto o campeão receberá um prêmio de 1 milhão, mais R$ 500 mil, liberados pela CBF.
A cota de passagens aéreas foi ampliada de 23 para 26. "Outra novidade é o traslado interno. Agora, as equipes terão transporte hotel-aeroporto-hotel, pagos pela Liga do Nordeste. Resumindo, as equipes serão responsáveis apenas pela alimentação", disse Milton Dantas, diretor executivo da entidade.
As datas definidas para pagamento das cotas foram: 10 de janeiro, 20 de fevereiro e 10 de março de 2015. A bola oficial da competição é da marca Penalty. Cada equipe receberá 15 bolas para treino e 6 bolas por jogo, totalizando assim 33 bolas, durante toda a competição.
O estado de Sergipe foi representado na Assembleia Geral da Liga do Nordeste, pelos presidentes do Confiança, Luiz Roberto Dantas e da Socorrense, Washington Alcino, além do presidente da FSF, Carivaldo Souza, como convidado e o seu vice, Milton Dantas, na condição de diretor da Liga do Nordeste.