COMO É ÁGIL A NOSSA JUSTIÇA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/12/2014 às 00:49:00

A senadora Maria do Carmo atravessou quase os 8 anos do seu mandato sob a ameaça de perdê-lo em consequência de uma decisão judicial. Havia a acusação de que ela e o marido João Alves, governador e candidato à reeleição, haviam infringido regras eleitorais em um episódio que, mais objetivamente analisado, não configuraria  infração a requerer uma medida extrema como a cassação de mandatos. Prestes a assumir mais um mandato, a senadora só na semana passada viu-se livre da ameaça de cassação, agora transformada numa simples multa, que poderia tranquilamente ser aplicada antes, ou logo depois da eleição.