Brasil é campeão dos Jogos Sul-Americanos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Enzo Nakashima do Tênis de Mesa contribuiu para levar o Brasil ao título de campeão dos Jogos Sul-Americanos Escolares
Enzo Nakashima do Tênis de Mesa contribuiu para levar o Brasil ao título de campeão dos Jogos Sul-Americanos Escolares

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/12/2014 às 01:21:00

O Brasil é o grande campeão dos Jogos Sul-Americanos Escolares realizados em Aracaju, no período de 4 a 10 de dezembro. O país somou 87 medalhas, sendo 51 de ouro, 21 de prata e 15 de bronze. A Colômbia foi a segunda colocada com 56 medalhas, 15 de ouro, 16 de prata e 25 de bronze. O terceiro lugar ficou com a Venezuela, também com  56 medalhas sendo 7 de ouro, 26 prata e 23 bronze.
O desempate entre Colômbia e Venezuela se deu pelo maior número de medalhas de ouro conquistadas pela Colômbia: 15 contra 7 da Venezuel.
O brasil foi líder nos esportes individuais conquistando os títulos de campeão no Atletismo, Natação, Judô, Tênis de Mesa e Xadrez. Mas nos esportes coletivos perdeu no Basquete feminino e Vôlei feminino.
Tênis de mesa - O brasileiro Enzo Nakashima foi o grande destaque do torneio de Tênis de Mesa dos XX Jogos Sul-Americanos Escolares, encerrado na manhã desta quarta-feira 10, na sede da Associação Sergipana de Tênis de Mesa (ASTM). Enzo conquistou medalha de ouro nas quatro provas que disputou.
O desempenho de Nakashima impressionou a todos os presentes, inclusive ao presidente da Federação Sergipana de Tênis de Mesa, Guido Borges, delegado da competição, presente a todas as finais. Para Guido Borges, Enzo Nakashima é um fenômeno do Tênis de Mesa e, tem tudo para em um futuro bem próximo, se transformar em um atleta olímpico.
- O torneio reúne atletas entre 12 e 14 anos, mas esses são os melhores mesatenistas dos seus respectivos países e com certeza, enfrentarão em igualdade, com condições de vitória, qualquer atleta de categorias superiores aqui no Brasil, comentou Guido Borges.
O destaque feminino ficou por conta da mesatenista Nathaly, do Equador, que conquistou três medalhas de ouro e 1 de prata, garantindo o título de campeão feminino para o Equador. Na disputa das duplas mistas, o desempenho da Nathaly como mulher, superou ao seu parceiro masculino, Beyan.

Campeões - A disputa final do Tênis de Mesa teve inicio com a categoria Individual Masculino, entre o Brasil representado por Enzo Nakashima e a Venezuela por Alejandro. Vitória do Brasil por 3 x 0. Foi a primeira medalha da manhã, conquistada por Nakashima.