Governo divulga programação do Encontro Cultural de Laranjeiras

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O cartaz do tradicional simpósio que ocorre durante o Encontro Cultural de Laranjeiras
O cartaz do tradicional simpósio que ocorre durante o Encontro Cultural de Laranjeiras

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/12/2014 às 10:12:00

O Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras chega, em 2015, à sua 40ª edição. Para comemorar o feito, será realizada uma programação focada na preservação da cultura popular. O evento, promovido pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), acontece de 7 a 9 de  janeiro no campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em Laranjeiras.
"O Simpósio é sinônimo de aprendizagem dentro do Encontro Cultural. Por isso, não medimos esforços para realizá-lo e fazer desta grande festa da cultura popular, um reduto também de conhecimento e de reconhecimento à riqueza que da cultura popular sergipana", frisou Eloisa Galdino, secretária de Estado da Cultura.
O tema deste ano, 'O Pulsar da Cultura: 40 anos do Encontro Cultural de Laranjeiras', foi escolhido durante o Simpósio de 2014 a partir de um debate entre a comissão organizadora e alguns pesquisadores. Para trabalhá-lo, a programação foi dividida entre debates, espaços de diálogo, roda de mestres, além de lançamento de obras. A abertura acontecerá no dia 07 de janeiro às 18h.

A expectativa é que 300 pessoas, entre acadêmicos, entidades museológicas, organizações governamentais e não-governamentais, participem das discussões. "As inscrições são gratuitas e feitas no local do evento", lembrou Silvia Oliveira, coordenadora de Museus da Secult e membro da comissão organizadora do evento.
"Os debates ocorridos no Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras nas últimas décadas possibilitou avanços significativos para a cultura popular em Sergipe. Esperamos que a 40ª edição do evento seja ainda mais especial e que a comunidade acadêmica siga em sintonia com os brincantes e os mestres, que são a razão de ser do simpósio", reiterou Eloísa Galdino.
Realizado pela Secult, o Simpósio ainda conta com as parcerias da Secretaria Municipal de Cultura de Laranjeiras; Prefeitura Municipal de Laranjeiras; Universidade Federal de Sergipe; Núcleo de Pós-graduação de Geografia (NPGEO/UFS), Conselho Estadual de Cultura (CEC) e Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Artístico e Nacional (IPHAN/SE).