Formatura de novos PMs será na terça-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 31/12/2014 às 09:52:00

O governador Jackson Barreto anunciou ontem que a formatura dos 661 novos policiais militares será no próximo dia 6 de janeiro. A data marca o encerramento do curso de formação da primeira turma de aprovados no concurso público realizado pelo Governo do Estado em fevereiro. O último certame para a Polícia Militar havia sido realizado em 2005. Os novos militares representam um acréscimo de 12,81% ao efetivo da Corporação. Na ocasião, será realizada a promoção de oficiais e praças e a entrega de medalhas do Mérito Policial Militar. A solenidade de formatura ocorrerá no Centro de Convenções de Sergipe, às 19 horas.

Os PMs recém formados reforçarão a segurança do povo sergipano e garantirão um melhor policiamento em todo o estado. Para o comandante da Polícia Militar, coronel Iunes, a formatura desses policiais vai renovar a tropa e reforçar o policiamento preventivo, aumentando a sensação de segurança do cidadão. "Os aprovados já vinham atuando na segurança através de um estágio supervisionado. No révellion, teremos a presença de 240 somente em Aracaju, no total de 500 policias que irão trabalhar na Orla de Atalaia", informou Iunes.
Para o governador Jackson Barreto, a incorporação de novos policiais faz parte de um conjunto de investimentos que foram definidos pelo Governo do Estado para área de segurança pública, marcado pela aquisição de armamentos, viaturas, fardamentos e equipamentos de proteção individual. Além disso, o governo vem implantando uma política de acautelamento individual de pistolas para os militares que permitirá que todo militar tenha a posse de uma arma do Estado.

"Fico feliz em entregar à sociedade esses novos policiais, que foram preparados para proteger a população. Prometi, durante a campanha, que aumentaria o efetivo da polícia militar. Novas ações virão para melhorar a segurança do sergipano", declarou Jackson.
Iniciado em julho, o curso de formação teve 1.200 horas e foi composto por aulas teóricas e práticas envolvendo conhecimentos nas áreas de direito, legislação, psicologia e sociologia. Disciplinas como ordem unida, abordagem policial, técnica de tiro teórica e prática, condicionamento físico, direito penal, direito processual penal militar, legislação de trânsito, relações humanas e interpessoais também foram abordadas.