'Para Elis', no Café da Gente

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Fidelidade ao espírito das canções
Fidelidade ao espírito das canções

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/01/2015 às 01:06:00

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Quando músicos tarimbados como Rafael Ramos e os irmãos Snoozers se debruçam sobre a vastidão de um repertório como o da cantora Elis Regina (a maior de todas, na opinião deste que vos escreve), pode esperar coisa boa. Aparentemente, a gestação do projeto Os Elísios não foi responsabilidade dos supracitados, mas é o dedo destes quem recomenda a série de apresentações encabeçadas pela cantora Maria Cristina e o guitarrista Humberto Barreto. Reverência sem nostalgia.
As nuances mais ácidas do repertório, salientadas por obra e graça de uma banda fiel ao espírito das canções. E não poderia ser diferente. Elis é a mais pra frente das cantoras brasileiras. Virtuosismo e feeling, numa rara combinação de veneno e bom gosto. Quem duvida tem de ouvir o clássico 'Falso brilhante' (1976). Exige mesmo uma banda esperta, com competência suficiente para passear entre gêneros diversos sem perder a pegada e tirar os pés da cozinha.

Semana que vem tem nova apresentação. A página recomenda.
Maria Cristina & Os Elísios - O grupo surgiu das ideias do diretor musical Humberto Barretto e da cantora Maria Cristina, que pretendiam vencer o desafio de reviver o contexto do trabalho de Elis Regina, quer experimentando a execução de arranjos originais, quer fazendo cuidadosas releituras das incríveis canções que esta brilhante intérprete nos apresentou.
Mergulhar nesse universo os aproximou das histórias da MPB e do nosso país. Costurado em pleno regime militar, que faz 50 anos, este repertório esbanja intensidade, poesia, luta e inquietação. É recheado de metáforas profundas e tantas sutilezas. Elis Regina foi uma resistente. Mulher brava e corajosa, porta-voz das dores e contradições de toda uma geração. Quando ninguém mais ousou falar, ela cantou.
Nesse evento, o grupo formado por Maria Cristina (voz), Fabio Oliveira (contrabaixo elétrico), Humberto Barreto (violão e guitarra), Rafael Júnior (bateria) e Rafael Ramos (teclado) fará o show 'Para Elis' dedicado a obra de uma das maiores artistas brasileiras.

Serviço:
Local: Café da Gente (Museus da Gente Sergipana)
Data: 22 de janeiro (quinta-feira) Hora: 19h30