PC prende homem acusado de matar cunhado em Aquidabã

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/01/2015 às 01:07:00

Policiais civis da Delegacia de Aquidabã realizaram na tarde de anteontem a prisão preventiva de Genílson Nunes de Souza, acusado por um homicídio que aconteceu na semana passada em Aquidabã (Baixo São Francisco). De acordo com o delegado Fábio Santana, o crime ocorreu no povoado Arranhento no dia 3 de janeiro deste ano depois que Genílson discutiram fortemente com o cunhado. "Depois da confusão verbal, eles iniciaram uma briga e Genílson jurou o cunhado, conhecido por Toinho, de morte", conta Fábio.  
Toinho foi para a sua residência acompanhado da esposa, irmã do acusado e ao estacionar seu veículo na porta de casa foi surpreendido por Genílson que lhe desferiu dois golpes de faca. A vítima foi socorrida pelos vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital da cidade de Propriá.  "Realizamos investigações e representamos pela prisão preventiva de Genílson. Após todos os procedimentos, o criminoso foi conduzido à Delegacia Plantonista de Aracaju, onde será transferido para um dos presídios do Estado", explica Fábio Santana.