HÁ 30 ANOS OS MILITARES SAIAM E ENTRAVA TANCREDO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/01/2015 às 02:03:00

Dia 15 à noite por volta das 22 horas o governador Jackson Barreto concluía mais um dia do que ele chama  'cada dia com a sua agonia'.   Naquela data completavam-se os 30 anos da eleição de Tancredo Neves, o marco da retirada dos militares do poder que ocupavam desde 64. Jackson começou a telefonar para amigos que, como ele,  participaram da  luta pela redemocratização.  Recordava  do dia da votação,  os episódios no Congresso onde e havia votado pelas eleições diretas, e, derrotado, participara  do colégio eleitoral que elegeu  Tancredo. Nesses 30 anos de democracia plena, Jackson deve ter imaginado, até mesmo pelas dificuldades que agora enfrenta,  que o teor da liberdade conquistada não teria sido proporcional ao esforço feito para solucionar os graves problemas do país.