Especulado no Palmeiras, goleiro Felipe é demitido pelo Flamengo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Encostado desde a chegada de Luxemburgo, Felipe é demitido pelo Flamengo
Encostado desde a chegada de Luxemburgo, Felipe é demitido pelo Flamengo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/01/2015 às 00:11:00

Rio de Janeiro - O Flamengo enfim definiu o futuro do goleiro Felipe. Afastado desde agosto de 2014, o goleiro foi demitido pelo clube nesta terça-feira, 27. Quem confirmou a decisão foi o empresário do jogador, Marcelo Robalinho.
"Confirmo que o goleiro Felipe foi demitido pelo Flamengo", escreveu Robalinho em uma rede social. "A decisão de demissão não significa um litígio entre as partes." Ainda segundo Robalinho, "as consequências jurídicas da demissão do goleiro Felipe serão tratadas de forma amigável e com o diálogo profissional que o caso demanda".

Felipe perdeu espaço no grupo desde as boas exibições do atual titular Paulo Victor. Insatisfeito, foi colocado de lado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e sequer treinava junto ao time principal. Apesar do tempo longe dos gramados, a diretoria só agora chegou num acordo amigável com o jogador.
Flamengo e Felipe tinham contrato até o final de 2015, mas antes, o goleiro havia dito que não abriria mão de receber tudo o que o clube lhe devia pagar. Após reuniões ele optou em aceitar rescindir o vínculo sem nenhum litígio e da mesma forma com que outros atletas deixaram a Gávea do ano passado para cá.
Felipe não joga desde o dia 20 de julho, quando o Flamengo foi goleado pelo Inter, por 4 a 0, em Porto Alegre. O goleiro, de 30 anos, foi revelado pelo Vitória e foi se destacar pelo Corinthians, onde jogou de 2007 a 2010. Depois foi atuar no Braga, de Portugal, até retornar ao Flamengo em 2011.