IGP-M tem variação de 1,11%

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 20/07/2012 às 14:42:00

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou, no segundo decêndio de julho, variação de 1,11%. No mês anterior, para o mesmo período de coleta, a variação foi de 0,63%. O segundo decêndio do IGP-M compreende o intervalo entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou variação de 1,45%, no segundo decêndio de julho. No mesmo período do mês anterior, a taxa foi de 0,65%. A taxa de variação dos Bens Finais avançou de 0,10% para 1,03%. A maior contribuição para esta aceleração teve origem no subgrupo combustíveis, cuja taxa passou de -0,23% para 5,15%.

A taxa de variação do grupo Bens Intermediários passou de 1,15%, em junho, para 1,45%, em julho. O destaque coube ao subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, cuja taxa passou de 0,41% para 2,48%.

O índice referente a Matérias-Primas Brutas registrou variação de 1,93%. No mês anterior, a taxa foi de 0,63%. Os itens que mais contribuíram para este movimento foram: soja (em grão) (2,64% para 11,04%), milho (em grão) (-3,98% para 1,55%) e bovinos (-0,76% para -0,03%). Em sentido oposto, destacam-se: minério de ferro (3,59% para 1,74%), leite in natura (0,31% para -2,49%) e cana-de-açúcar (-0,46% para -1,33%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,23%, no segundo decêndio de julho, ante 0,14%, no mesmo período do mês anterior. As principais contribuições para o acréscimo da taxa do índice partiram dos grupos Alimentação (0,55% para 0,88%) e Transportes (-0,80% para -0,46%). Nestas classes de despesa, cabe mencionar os itens: hortaliças e legumes (6,83% para 10,96%) e automóvel novo (-3,88% para -1,51%), respectivamente.