Tite confirma Felipe na zaga e Uendel na lateral hoje contra Once de Caldas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Tite treina o Corinthians, quer time pressionando e confirma Felipe e Uendel no time titular
Tite treina o Corinthians, quer time pressionando e confirma Felipe e Uendel no time titular

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 11/02/2015 às 00:13:00

Apesar de ter elogiado o desempenho de Edu Dracena no clássico de domingo com o Palmeiras, o técnico Tite confirmou a volta de Felipe ao Corinthians, para formar com Gil a dupla de zaga nesta quarta-feira 11, contra o Once Caldas, em duelo válido pela fase preliminar da Copa Libertadores.
Felipe não atuou diante do Palmeiras porque estava desgastado fisicamente e, assim, corria risco de se machucar. "Está confirmado Felipe pelo desempenho, mas o Edu jogou muito bem contra o Palmeiras", disse o treinador em entrevista coletiva, nesta terça, em Manizales, na Colômbia.
O treinador também adiantou que Uendel vai ser o substituto de Fábio Santos, suspenso, na lateral-esquerda. "Fiquei na dúvida de escalar ele ou
Fábio Santos contra o Palmeiras. Se fosse com ele, poderia perdê-lo para quarta. Ele disse que era indiferente", disse.

No ataque, o treinador vai manter a dúvida até momentos antes da partida sobre quem ficará com a vaga de Guerrero. Estão na briga Danilo e Luciano. "Os dois são adaptados. Luciano aumenta o campo. Danilo retém a bola e faz combinações com quem vem de trás", ponderou Tite. O colombiano Mendoza, apesar de ter feito um bom clássico, ficará no banco.
Mesmo com o Corinthians em situação bastante confortável (após a goleada por 4 a 0 no Itaquerão, na semana passada, pode perder por até 3 a 0), Tite cobra que os seus jogadores tentem pressionar o Once Caldas, assim como foi no jogo de ida.
"O Corinthians tem uma ideia e coloquei como desafio para os atletas. As equipes não têm o mesmo desempenho fora e dentro de casa. Quanto menor essa diferença for, mais maturidade o time vai ter. Vai jogar triangular, infiltrar, jogar igual", afirmou o treinador.