A JAQUEIRA E O VELHO HÁBITO DE PLANTAR

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/02/2015 às 00:13:00

Comentamos aqui o avanço insensato sobre as jaqueiras para transformá-las em reluzentes mesas, bancos e cadeiras. O ex-deputado Jorge Araújo, um homem atento a tudo o que acontece à sua volta, e assim acumulando notável experiência, leu a matéria e fez uma pertinente observação. Segundo ele a devastação das árvores frutíferas como é o caso das jaqueiras, se agrava muito porque perdemos o saudável e ecológico hábito de plantar. Com um viés saudosista Jorge lembra dos quintais verdejantes de Aracaju, das cidades do interior, onde havia mangueiras, cajueiros, jaqueiras, pitangueiras, jenipapeiros, fruta-pão, banana, e a terra acabou sendo recoberta com cimento, Perdemos o hábito de plantar árvores, por isso, diz Jorge um tanto pessimista, não se repõe a jaqueira na proporção que seria necessária para compensar a destruição.