Duda Amorim, a melhor do Mundo no handebol

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A armadora esquerda da Seleção Brasileira de Handebol, Duda Amorim, foi eleita por um júri internacional, como a melhor jogadora do mundo
A armadora esquerda da Seleção Brasileira de Handebol, Duda Amorim, foi eleita por um júri internacional, como a melhor jogadora do mundo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/02/2015 às 00:36:00

O dia 25 de fevereiro de 2015 ficará para sempre na memória da armadora esquerda Eduarda Amorim e na história do handebol brasileiro. A jogadora foi eleita a melhor atleta do Mundo no ano de 2014, em eleição promovida pela Federação Internacional da modalidade, o prêmio máximo que um atleta do esporte pode receber. Esta é a segunda vez que o Brasil aparece no topo da premiação. Em 2012, a ponta direita Alexandra Nascimento faturou o prêmio.

A eleição teve duas fases. Na primeira, um júri composto por experts e técnicos das cinco Seleções melhores colocadas no Mundial de 2013 indicou cinco atletas que concorreram em votação aberta para o público e a imprensa no site da entidade. A atleta da Seleção Brasileira e do Gyor Audi ETO, da Hungria, ficou com 35,2% dos votos. As adversárias eram todas europeias. Na segunda colocação ficou a romena Cristina Neagu, com 25,8%, e a terceira a norueguesa Heide Loke, com 16,8%. Além delas, também concorreram a sueca Isabelle Gulldén e a espanhola Marta Mangue.

Quando recebeu a notícia nesta quarta-feira (25), Duda ficou muito emocionada e quis imediatamente contar a novidade ao marido Dean Taleski, que está com ela em São Paulo (SP) para o tratamento da lesão no joelho sofrida pela atleta no ano passado. "É muito gostoso receber esse prêmio. Sinto-me extremamente realizada. Desde que comecei minha carreira, sempre quis ser a melhor armadora esquerda e trabalhei muito para isso, mas a melhor do Mundo é algo que nunca sonhei", confessou, sem conseguir conter o sorriso.