Estudantes com deficiência competem em Recife

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 01/03/2015 às 00:32:00

O estado de Sergipe está muito bem representado no Circuito Caixa Loterias de atletismo, halterofilismo e natação. A competição teve inicio no dia 27 na capital pernambucana e se encerra neste domingo 1º. de março. Os atletas sergipanos portadores de deficiências físicas contam com apoio do governo do estado, através da Secretaria de Estado da Educação (Seed).
O evento que é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), conta com a participação de alunos paratletas de todo o país. A delegação de Sergipe é composta por 19 paratletas, sendo 13 na modalidade paratletismo e seis na modalidade paranatação.
Esse compromisso e o empenho do Governo do Estado com o desporto escolar se convertem em vitórias. O paratleta Danilo Serrano competirá no Circuito Caixa Loterias na modalidade paratletismo e é um bom exemplo disso.

Bicampeão - O jovem, que tem deficiência visual, é aluno do Colégio Estadual Dom Luciano e coleciona vitórias. Ele é bicampeão na Volta de Aracaju, já participou da Corrida de São Silvestre e sempre sobe ao pódio nos Jogos da Primavera.
"Estou dedicado aos treinos para levar minha escola e meu estado ao lugar mais alto do pódio. Quero manter a tradição de vitórias de Sergipe em competições paralímpicas", disse o aluno.

Paranatação - Os atletas da paranatação também estão confiantes na vitória. Adriene Santos, aluna do Colégio Estadual Gonçalo Rollemberg, tem se dedicado intensivamente aos treinos para superar sua marca nacional.
A jovem é a 3ª melhor do Brasil na prova dos 100 metros peito para atletas com deficiência intelectual. "Quero diminuir mais ainda o meu tempo e alcançar o primeiro lugar nas competições", declarou a atleta.