Alunos da rede estadual conquistam 28 medalhas no Circuito Caixa de Paratletas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Paratletas sergipanos conquistaram medalhas no Atletismo, Halterofilismo e Natação, em competição realizada em Recife
Paratletas sergipanos conquistaram medalhas no Atletismo, Halterofilismo e Natação, em competição realizada em Recife

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/03/2015 às 02:35:00

Alunos paratletas de escolas da rede estadual de ensino brilharam no Circuito Caixa Loterias de Atletismo, Halterofilismo e Natação, conquistando um total de 28 medalhas.  O evento, organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), ocorreu entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março, reunindo atletas de todo o país em Recife (PE). O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), disponibilizou um ônibus para transportar os alunos paratletas à capital pernambucana.

Na modalidade paranatação, a delegação de Sergipe conquistou 15 medalhas. Um dos destaques foi a aluna Adriene Santos, do Colégio Estadual Gonçalo Rollemberg, que conquistou um total de três medalhas de ouro nas provas 100 metros costas, 100 metros peito e 200 medley. Com estes resultados, a sergipana obtém o índice nacional nas provas.

 O estudante Ítalo dos Santos conquistou também um lugar no pódio. O paratleta do Colégio Estadual Leite Neto ganhou um total de quatro medalhas de prata nas provas: 50, 400 e 100 metros livres, e nos 100 metros peito. Já Maria Suzana dos Santos, do Colégio Estadual Gentil Daltro, foi prata nos 200 metros livres, bronze nos 100 metros costas e bronze nos 100 metros peito.
Os bons resultados dos estudantes sergipanos mantiveram-se durante toda a competição. Jadson Souza, do Colégio Estadual Júlia Teles, conquistou duas medalhas de prata: uma na prova 100 metros peito e outra nos 200 medley. Andrei dos Santos, do Colégio Estadual Jorge Amado, conquistou o bronze nos 100 metros peito. Aécio Brito, do Colégio Estadual Dom Luciano, foi bronze nos 400 metros livres.
 
Paratletismo - Os sergipanos conquistaram 13 medalhas na modalidade paratletismo. Jonathan de Assis, do Colégio Estadual Francisco Portugal, foi ouro nas provas dos 5000 metros e dos 1500 metros rasos. Claudianca da Conceição, do Colégio Estadual João Alves, ganhou o ouro nos 400 metros rasos, e foi prata nos 100 e nos 200 metros.  Gilton Pereira, do Colégio Estadual Francisco Portugal, conquistou a prata na prova do salto em distância.
O paratleta Danilo Serrano, do Colégio Estadual Dom Luciano, foi prata nos 100 e nos 200 metros rasos, ainda levando o bronze nos 1500 metros rasos. Deivisson dos Santos, do Colégio Estadual Dom Luciano, foi prata no arremesso de peso e bronze no lançamento de dardo. Já a paratleta Deisiane Figueiredo, da Escola Estadual Myrian Melo, conquistou a prata nos 400 metros e o bronze nos 100 metros rasos.
 
Política de inclusão - O secretário da Educação, Jorge Carvalho, afirmou que os bons resultados são fruto da extensa política de inclusão social e do estímulo à prática do desporto paralímpico nas escolas da rede estadual de ensino, promovidos pelo governo de Sergipe.
 "A Seed estimula a participação dos alunos sergipanos nas competições dentro e fora do estado, como forma de inclusão social por meio da educação e do esporte. Nossos jovens demonstram que têm grande potencial e que podem superar todos os obstáculos da vida, provando que por meio do esporte e do acesso à educação, nos tornamos mais cidadãos", disse Jorge Carvalho.