Sustentabilidade no "Grand Parc Farol"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/06/2012 às 16:22:00

Como a sustentabilidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico e material sem agredir o meio ambiente, a Norcon aplica em todas as suas obras a coleta seletiva de materiais como plástico, metal, papel e madeira, para facilitar o reaproveitamento destes. Os colaboradores do Grand Parc Farol, filial Alagoas, concretizam essa prática no canteiro, ao reaproveitarem resíduos que sobram das bandejas de proteção, que ficam na parte externa do empreendimento em fase de construção, para serem aplicadas na própria obra.
Com a aplicação em rebocos internos e externos do material que seria descartado e assim poderia poluir o meio ambiente, os colaboradores geram também uma economia para a construtora, como destaca o técnico de segurança do Trabalho, Jaime Rodrigues dos Santos. Com o intuito de minimizar este grande número de resíduos, como também os custos, durante inspeções diárias de segurança, buscávamos sugestões de melhoria junto aos colaboradores, no entanto durante a segregação de massas, cerâmicas, tijolos, plásticos, vimos o rico material que tínhamos em nossas mãos.
"Através de pequenos gestos, podemos mudar nossos hábitos e adotamos o consumo consciente ao utilizarmos os três 'R', que são práticas simples, mas importantes e que fazem a diferença no volume de lixo descartado: reduzir, reutilizar, reciclar", afirma Jaime.
Após a análise de todo o processo de fabricação de argamassa, o mestre de Obras, Anderson Umbelino, percebeu a importância de reaproveitar o material. "Para evitar um prejuízo não só para empresa, como também para a natureza, tivemos a ideia de reaproveitar o material que ao ser descartado agrediria o meio ambiente", afirma Anderson.
Com o compromisso de multiplicar ações como esta, a engenheira do Meio Ambiente, Izadora Santana acredita que "é uma ação simples e que trás uma economia bastante significativa. As boas práticas precisam ser multiplicadas para todas as obras". Dessa forma, o objetivo da construtora de passar a diante ações que preservem o meio ambiente e construam assim uma consciência socioambiental é concretizado de maneira cotidiana.