A FERA INDOMADA

Luiz Eduardo Costa

 Sendo chamado de cínico, o ex-presidente da PETROBRAS, Sérgio Gabrieli, disse na Câmara Federal que era impossível controlar a corrupção na empresa. Fica-se em dúvida se ele presidia uma gigantesca empresa estatal ou era o líder de um valhacouto, mais ou menos idêntico às penitenciárias brasileiras. Se nas grandes empresas fosse impossível controlar a corrupção, há muito tempo o capitalismo já teria sido varrido da terra. Sérgio Gabrieli poderia ser o autor da façanha.


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS